O esforço foi grande. Foram 30 horas de viagem, comida diferente, calor e o fuso horário. O Athletico fez por merecer a goleada sobre o Shonan Bellmare por 4×0, na manhã desta quarta-feira (7), no Estádio Shonan BMW, em Hiratsuka, no Japão e o título da J.League YBC Levain Cup/Conmebol Sudamericana Championship. Uma semana depois da eliminação da Libertadores para o Boca Juniors, na Argentina, o Furacão comemorou mais uma conquista internacional e ganha mais confiança para a sequência da temporada.

“Foi difícil. O cansaço, o calor, as adversidades que tivemos. Mais uma vez provamos que o grupo é forte. Quem entrou deu conta e graças a Deus conseguimos mais um título. Temos que comemorar. O primeiro tempo foi complicado e o título vem coroar o trabalho do time, que vem fazendo grandes jogos e dá mais confiança para a semifinal da Copa do Brasil”, afirmou o volante Bruno Guimarães, em entrevista à Rádio Banda B.

+ Leia também: Tiago Nunes coloca o Furacão no caminho pra se tornar internacional

Melhor jogador em campo, o atacante Rony voltou em grande estilo ao futebol japonês. Depois da passagem que teve em 2017 pelo Albirex Niigata, o camisa 7 atleticano foi decisivo na goleada e coroou sua boa atuação com um belo gol.

“Para mim é muito importante. Eu vinha procurando há muito tempo (o gol). Tive a oportunidade de finalizar e hoje graças a Deus fui feliz na finalização. Agradeço muito a Deus por mais essa oportunidade, de estar voltando ao Japão e estar fazendo história com a camisa do Athletico. Estou muito feliz”, vibrou ele.

+ Mais na Tribuna: Saiba quanto o Athletico faturou ao conquistar a Levain Cup

Diante do Shonan Bellmare, o Rubro-Negro também provou a força do seu grupo. O técnico Tiago Nunes utilizou bem suas seis substituições e quem entrou manteve o bom nível de atuação do Furacão para confirmar a goleada diante do time japonês. O atacante Marcelo Cirino, que abriu o placar, valorizou mais essa conquista.

“Fico feliz pelo gol, mas tenho que dar parabéns a todo o time. Os jogadores que estavam no banco entraram e fizeram seu papel. Trabalhamos para conseguir esse título. A gente veio aqui em busca disso. Tem que valorizar porque trabalhamos muito. Foi uma viagem longa. Para alguns não pode ter tanta importância (o título), mas para nós tem muito”, finalizou o camisa 10 atleticano.

+ Atenção! Você está a um clique de ficar por dentro do que acontece em Curitiba e Região Metropolitana. Tudo sobre futebolentretenimentohoróscopo, nossos blogs exclusivos e os Caçadores de NotíciasVem com a gente!