Cochabamba, Bolívia – Uma caminhada de aproximadamente 15 minutos marcou, na tarde desta terça-feira (23), o reconhecimento de gramado do Athletico no estádio Félix Capriles, palco do duelo decisivo diante do Jorge Wilstermann, que acontece nesta quarta-feira (24), às 19h15, em Cochabamba, na Bolívia. Já em solo boliviano desde a noite de segunda-feira (22), o time atleticano ainda tem pelo menos uma dúvida para encarar “Los aviadores”.

+ Rival: Torcedores do Wilstermann pedem “coração” ao time

Thiago Heleno, com dificuldade de jogar na altitude, e Lucho González, vetado pelo departamento médico, são as ausências do Athletico para a partida. Na zaga, Paulo André será o titular ao lado de Léo Pereira. Já no meio de campo, Tomás Andrade e Léo Cittadini brigam pela titularidade. O primeiro, por ter iniciado a temporada como titular, sai na frente na disputa.

+ Histórico: Retrospecto do Athletico na altitude não é bom

O restante do time deve ser o mesmo que tem atuado nas últimas partidas pela Libertadores da América. O volante Camacho, que concedeu entrevista após o reconhecimento do gramado, afirmou que a grama do Félix Capriles está um pouco alta, mas que não será algo que vai atrapalhar o Furacão na partida.

+ Confiança: Furacão vai à Bolívia pra garantir classificação na Libertadores

“É um pouco diferente do que estamos acostumados. Vamos sentir um pouco no começo do jogo, mas vamos nos adaptar o mais rápido possível. O clima é bom, é tranquilo. Achamos que iria estar mais frio, mas está tranquilo e bem parecido com o de Curitiba”, comentou.

+ Mídia: Para imprensa boliviana, altitude é principal adversária do Athletico

Depois do reconhecimento do gramado, a delegação do Athletico deixou o estádio e seguiu para o CT do Aurora, outro clube de Cochabamba e principal rival do Jorge Wilstermann. Trabalho importante que, segundo Camacho, servirá para o time rubro-negro se adaptar ao tempo de bola por conta da altitude de 2560 metros acima do nível do mar.

+ Local: Conheça o estádio Félix Capriles e a cidade de Cochabamba

“É bom chegar dois antes para dar pelo menos um pouco de adaptação. Esse treino será muito importante para ver a batida da bola, o tempo de bola. O time está preparado. Foram 15 dias de treinamentos e estamos prontos para fazer um grande jogo”, concluiu.

+ Futuro: Quais jogadores campeões paranaenses vão ser usados no time principal?

Assim, com uma dúvida, o provável Athletico para o duelo contra o Jorge Wilstermann deve ser o seguinte Santos; Jonathan, Paulo André, Léo Pereira e Renan Lodi; Camacho, Bruno Guimarães e Tomás Andrade (Léo Cittadini); Nikão, Rony e Marco Ruben.

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do Trio de Ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!