Cochabamba – Se nas ruas de Cochabamba o duelo entre Jorge Wilstermann e Athletico, marcado para às 19h15 desta quarta-feira (24), no Estádio Félix Capriles, não desperta grande interesse, o mesmo pode se dizer dos jornais da cidade. Apesar da presença de vários jornalistas no reconhecimento do gramado da partida realizado na tarde de terça-feira (23), os dois principais periódicos da região não deram grande destaque ao duelo decisivo desta noite pela Libertadores.

Tanto o jornal Los Tiempos quanto o Opinión sequer falaram do jogo em suas capas. Sem nenhuma foto, ambos destacaram em suas primeiras páginas apenas a necessidade de vitória do Los aviadores diante do Furacão para seguir com chances de classificação no torneio continental.

+ Leia também: Torcida empurra o Furacão antes de jogo decisivo na Bolívia

O Los Tiempos, principal de Cochabamba, na matéria que fala sobre a partida, destaca a necessidade de vitória do Jorge Wilstermann diante do Rubro-Negro para seguir na busca da classificação às oitavas de final. “Wilstermann necessita vencer o Paranaense para seguir na luta”, diz a manchete.

A reportagem, no entanto, fala da dificuldade que o time boliviano terá, não apenas na partida diante do Athletico, líder do Grupo G, mas também para conseguir a classificação. Isto porque além de vencer, será preciso uma combinação de resultados pouco provável para seguir adiante na competição. O material traz ainda a opinião do técnico atleticano, Tiago Nunes e do volante Camacho, que projetam uma partida complicada.

+ Mais na Tribuna: Athletico pega o Jorge Wilstermann de olho na liderança do grupo

No jornal, ainda uma matéria especial sobre a situação de todos os bolivianos na Libertadores. A competição está entrando na sua reta final e, para o Jorge Wilstermann, além de vencer, terá que torcer por um tropeço do Boca Juniors diante do Deportes Tolima, na Colômbia. Caso seja eliminado do torneio, o Los aviadores terá que vencer na última rodada para garantir a vaga na Copa Sul-Americana.

Matéria principal do jogo no jornal Los Tiempos. Foto: Luiz Ferraz
Matéria principal do jogo no jornal Los Tiempos. Foto: Luiz Ferraz

Já o jornal Opinión, destaca na capa apenas a entrada do meia Pochi Chávez no duelo contra o Furacão. Na capa de esportes, o periódico traz como manchete o que o Jorge Wilstermann precisa fazer para conseguir a vitória e seguir com chances de classificação: “Para parar o Furacão”, diz a manchete.

+ Viu essa? Bergson rescinde com o Athletico e acerta com o Ceará

O veículo traz ainda todas as informações da partida, como a situação dos times na classificação do grupo antes da realização da penúltima rodada e também destaca as opiniões de Tiago Nunes e Ortiz sobre o confronto.

O jornal fala ainda sobre as mudanças que o técnico Norberto Kekéz, que substituiu Miguel Ángel Portugal, demitido no último domingo (21), pode fazer na equipe. Além disso, a matéria fala do esquema de segurança para a partida que, mesmo sem a expectativa de um grande público, vai mobilizar 700 homens para evitar qualquer problema.

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do Trio de Ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!