Com um calendário mais recheado e vivendo agora uma sequência desgastante de jogos, o Athletico segue em busca da tão sonhada regularidade na temporada. O time atleticano, mesmo tendo poupado sua equipe principal na disputa do Campeonato Paranaense, ainda está oscilando, sobretudo nas partidas longe de casa.

O meia-atacante Nikão destacou que se o Furacão quiser buscar algo maior neste ano, terá que começar a conquistar bons resultados fora da Arena. A derrota por 2×1 para o Fortaleza, na noite de quarta-feira (1), foi a terceira em três jogos até agora neste ano.

+ Leia também: Tiago Nunes reclama de postura do Furacão em Fortaleza

“Com certeza para ser campeão, tanto Brasileiro, quanto Libertadores ou Copa do Brasil, até na Recopa Sul-Americana, você precisa vencer fora de casa. No Brasileirão, todos os times que foram campeões tinham uma regularidade muito grande, dentro e fora de casa. Para sonhar alto, tanto para G4, ou ser campeão, tem que vencer fora. Temos vários jogos até a parada para a Copa América, temos uma meta de pontos e vamos correr atrás disso. Para alcançar, precisamos vencer fora”, destacou ele.

No Ceará, o Rubro-Negro até teve mais posse de bola, mas foi um domínio falso do jogo. Isto porque criou pouco durante a partida e, no final, falhou na defesa e permitiu o segundo gol da equipe cearense. Para Nikão, o primeiro gol sofrido no início da partida, logo no primeiro minuto, acabou com a estratégia montada pelo Athletico.

+ Mais na Tribuna: Jogadores do Athletico lamentam derrota e já pensam na Chape

“Realmente é complicado. A estratégia que a gente montou ali, principalmente porque sabíamos como foi o jogo deles na estreia contra o Palmeiras e que eles iam vir buscar o gol. Conseguiram isso. Não podemos tomar esse tipo de gol. Não foram nossos defensores que erraram, mas toda a equipe tem parcela de culpa. O Brasileiro está só no começo e sabemos que precisamos melhorar se quisermos almejar coisas grandes na competição”, arrematou o camisa 11 atleticano.

+ Confira a classificação completa do Brasileirão

Sem refresco, o Furacão já tem mais uma partida fora de casa pelo Campeonato Brasileiro antes do duelo da semana que vem contra o Boca Juniors, em Buenos Aires, pela Libertadores. Neste domingo (5), às 11h, no Oeste catarinense, o Athletico encara a Chapecoense. A tendência é de que o técnico Tiago Nunes poupe alguns atletas deste compromisso.

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do Trio de Ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!