Nikão vai fazer história com a camisa do Athletico na próxima quarta-feira (11), em Santiago, no Chile. Em meio a um impasse sobre sua permanência no clube, o meia-atacante vai se tornar o jogador que mais entrou em campo pelo Furacão na Copa Libertadores.

O camisa 11 está empatado com o goleiro Weverton, atualmente no Palmeiras, com 20 atuações cada. Titular de Dorival Júnior, Nikão ficará isolado na lista após o duelo contra o Colo-Colo, no Estádio Monumental David Arellano.

+ Perfil: As batalhas de Nikão para se tornar ídolo no Athletico

Desde sua estreia na competição, contra o colombiano Millionarios, em 2017, fora de casa, Nikão foi titular em todos os jogos do ‘El Paranaense’.

“Fico feliz e lisonjeado por vestir essa camisa todos os dias. Sou grato a todos que fizeram parte desse processo”, comemorou Nikão, em entrevista ao site oficial do clube.

“Não foi fácil, mas graças a Deus tenho condições de bater mais uma marca em um clube do tamanho do Athletico. É um privilégio para poucos”, completou.

Nikão fez três gols em 20 jogos de Libertadores

Apesar do iminente recorde, Nikão vive um imbróglio com a diretoria do clube. Com contrato até dezembro de 2021 (e multa rescisória de € 3 milhões), ele não esconde que deseja mudar de ares. No entanto, como está inscrito na fase de grupos da Libertadores, a saída imediata foi barrada pelo presidente Mario Celso Petraglia.

Recentemente, Nikão assinou uma procuração para que os empresários Paulo Pitombeira e Marcelo Petinatti negociem a situação diretamente com Petraglia. A informação foi publicada no Blog da Nadja.

Entre os interessados pelo jogador estão Corinthians e Grêmio. É bastante improvável, contudo, que o jogador saia antes do término da fase de grupos da Libertadores, no início de maio.

No início da temporada, o Al Ain, dos Emirados Árabes, chegou a oferecer US$ 2,5 milhões pelo jogador, mas depois voltou atrás, querendo apenas um empréstimo. O Athletico havia aceitado a proposta inicial.

Nikão jogou três edições pelo Athletico

Nikão na Libertadores

2017

Millionarios 2 (2) x (4) 0 Athletico
Athletico 3 x 3 Deportivo Capiatá
Deportivo Capiatá 0 x 1 Athletico
Athletico 2 x 2 Universidad Católica – 1 gol
San Lorenzo 0 x 1 Athletico
Flamengo 2 x 1 Athletico – 1 gol
Athletico 2 x 1 Flamengo
Athletico 0 x 3 San Lorenzo
Universidad Católica 2 x 3 Athletico
Athletico 2 x 3 Santos – 1 gol
Santos 1 x 0 Athletico

2019

Tolima 1 x 0 Athletico
Athletico 4 x 0 Jorge Wilstermann
Athletico 3 x 0 Boca Juniors
Athletico 1 x 0 Tolima
Jorge Wilstermann 3 x 2 Athletico
Boca Juniors 2 x 1 Athletico
Athletico 0 x 1 Boca Juniors
Boca Juniors 2 x 0 Athletico

2020

Athletico 1 x 0 Peñarol – 1 assistência