Ibagué, Colômbia – Faltando pouco mais de 24 horas para as estreias de Athletico e Tolima na Libertadores 2019, a correria para deixar o estádio Manuel Murillo Toro pronto para a partida é intensa, mas está em sua fase final. Com um gramado que parece um tapete e uma bela vista panorâmica para as montanhas que cercam a cidade, o palco da partida desta terça-feira (5), que acontecerá a partir das 21h30, está praticamente pronto e enche os olhos de qualquer amante do futebol. Porém, até algumas semanas atrás a realidade era outra.

+ Leia também: Furacão chegou a Ibagué com recepção de torcedores do Tolima

Foram necessários fazer muitos reparos no local para que fosse possível receber os jogos da Libertadores. No Grupo G da competição, além de Furacão e Tolima, também estão Jorge Wilstermann, da Bolívia, e o multicampeão Boca Juniors, da Argentina.

Para modernizar a estrutura, o Instituto Municipal de Recreação e Esporte de Ibagué destinou 644 milhões de pesos colombianos, cerca de R$ 785 mil. A verba foi utilizada para renovar a rede hidráulica, melhorar o gramado e a iluminação, instalar sanitários e cabines de imprensa e para obras de trânsito aos arredores do estádio.

+ Mais na Tribuna: Athletico vê Ibagué respirando futebol na Libertadores

Um primeiro passo para a reestruturação do estádio foi a manutenção do gramado, que teve início no dia 26 de janeiro. Foram feitos cortes baixos no “tapete”, além do trabalho de descompactação e fertilização. Na segunda etapa, iniciada em fevereiro, foram feitas substituições nos setores desgastados pelo uso constante, e também um controle químico de plantas daninhas para evitar o aparecimento de fungos que impediam o crescimento normal.

+ Especial: Time feminino paranaense é a esperança de melhora da categoria

Além de todos os reparos, foi necessário, também, instalar iluminação adequada ao estádio, uma exigência da FIFA para que o estádio receba uma competição internacional. Com novos refletores, o estádio contará com 1.300 lâmpadas. O investimento somente com a iluminação foi de 7.000 milhões de pesos colombianos (R$ 8.532,00).

Na tarde de domingo (3), a Tribuna do Paraná teve acesso ao estádio e conferiu que muitos trabalhadores estão atuando para deixar tudo em perfeitas condições. Há ainda trabalho de limpeza e colocação das placas de propaganda sendo feitas, mas a impressão é que no geral, o palco do jogo está bem preparado.

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do Trio de Ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!