Em meio às cobranças da torcida por reforços, principalmente após a perda da Supercopa para o Flamengo, o diretor de futebol do Athletico, Paulo André, resolveu se manifestar. Através das redes sociais, o dirigente ressaltou o projeto do clube e explicou que não vão comprometer o orçamento para trazer jogadores com salários milionários.

“É claro que eu entendo que muita gente ficaria feliz, no curto prazo, se tivéssemos gastado bastante dinheiro agora. Seria muito mais fácil apresentar 10 jogadores e sair nas fotos como se o trabalho estivesse bem feito. Nós não traremos jogadores pagando 400, 500 mil reais de salário apenas para nos protegermos da opinião de terceiros. Isso é de uma estupidez sem tamanho para o clube e para a continuidade do projeto”, diz parte do texto.

Paulo André se aposentou dos gramados em junho do ano passado, se tornando, definitivamente, diretor do Rubro-Negro. Porém, desde 2018 já vinha acumulando as funções, mesmo quando ainda era jogador. Desde então, vem analisando o mercado e também buscando peças para a base atleticana e, neste mesmo tempo, o time conquistou a Copa Sul-Americana e a Copa do Brasil, além de dois Paranaenses.

“Acredito no projeto e no modelo de negócio do clube que é o que mais cresce na América do Sul nos últimos 25 anos. Esse é o modelo de gestão que deu certo e que eu acredito. Faz dois anos que participo da gestão do futebol do clube, olho para dentro e para fora o tempo todo para investigar se estamos no caminho certo e se há melhores práticas por aí. Neste período, montamos um time campeão, repleto de jovens e com altíssimo poder de revenda”, acrescentou ele.

+ Confira a opinião de Cristian Toledo sobre o desabafo de Paulo André

No entanto, o ex-zagueiro admitiu que, após a saída de vários jogadores que fizeram parte das últimas conquistas, o Athletico inicia um novo ciclo, que precisará de tempo para dar resultado. Mesmo assim, não vai buscar medalhões para agradar os críticos.

“Essa é a falácia do futebol, responsável por quebrar quase todos os clubes do país e tornar o futebol brasileiro um deserto de ideias e de visão de futuro”, apontou.

Para 2020, o Furacão trouxe como reforços para o elenco principal apenas os meias Fernando Canesin e Marquinhos Gabriel, o atacante Carlos Eduardo e o goleiro Jandrei.

Confira a nota de Paulo André na íntegra:

+ Mais do Furacão:

+ Athletico vai com o time principal contra o Cascavel CR
+ Rony ainda não renovou contrato e é oferecido ao Palmeiras

+ Artilheiro do Paranaense, Pedrinho pede passagem