O presidente do Conselho Deliberativo do Athletico, Mário Celso Petraglia, disparou contra o xará, Atlético-MG, que fez uma proposta sedutora para o técnico Tiago Nunes. Nos bastidores, especula-se que o Galo teria oferecido R$ 300 mil de salário ao treinador, que ganha em torno de R$ 120 mil. O dirigente se pronunciou por meio do Twitter, não poupando ‘elogios’ à conduta dos mineiros e, em especial, ao diretor de futebol Rui Costa, que foi demitido do Rubro-Negro no início do ano e hoje está no Galo.

“Incrível, é verdade, o ‘Mineiro”, de forma antiética, fez proposta milionária ao nosso técnico TNunes! O próprio presidente, seu vice e o traíra Rui Costa participaram em viva voz do telefonema! Desespero total! Esqueceram eles que o TN é homem de palavra. Trabalha no Paranaense!

Com o desabafo, o mandatário do Furacão confirma que Tiago Nunes optou por ficar no clube. Uma fonte da Tribuna do Paraná garantiu que o Furacão acertou um reajuste no salário do treinador para que ele permanecesse.  A imprensa mineira, por sinal, já revela que o Galo já está em busca de um outro nome para o comando técnico, que ficou vago após a demissão de Levir Culpi.

 

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do Trio de Ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!