O técnico do time de aspirantes do Athletico, Rafael Guanaes, vai ter que montar um quebra-cabeças para escalar seu time para a semifinal da Taça Dirceu Krüger. Isso porque o calendário da equipe principal está entrando em conflito com os compromissos com o ‘segundo escalão’ do Furacão e o comandante pode ter que abrir mão de algumas peças importantes para a partida contra Rio Branco, neste sábado (6), às 16h, na Arena.

O duelo é decisivo e vale vaga para a final da segunda parte do Estadual. Porém, já na terça-feira (9) será a vez dos comandados de Tiago Nunes encararem o Tolima, da Colômbia, pela Copa Libertadores.

+ Leia também: Rafael Guanaes quer corrigir erros do Furacão pra não sofrer com zebra

Com isso, o desafio de Guanaes será montar o time titular encaixando as peças disponíveis. O treinador possivelmente não contará com alguns dos atletas que encorpam seu elenco. Ainda que nem todos os inscritos na competição sul-americana estejam sendo acionados por Tiago Nunes, os treinamentos do grupo principal comprometem a participação desses jogadores nos aspirantes.

Na última quinta-feira (4), por exemplo, não participaram do treino o zagueiro Paulo André e os meias Léo Cittadini, Matheus Rossetto e João Pedro, que foram relacionados para a partida contra o Boca Juniors e estavam trabalhando com o time principal.

+ Mais na Tribuna: Athletico terá a volta de titulares contra o Rio Branco

Ainda que a prioridade do Rubro-Negro seja as competições mais expressivas, brigar para chegar à decisão do Paranaense seria vantajoso para o time, que provaria aos rivais que até com equipes alternativas o Athletico consegue bons resultados, como foi no Estadual do ano passado, quando acabou sendo campeão.

No total, 11 jogadores estão inscritos nas duas competições: o goleiro Léo, os zagueiros Paulo André, Zé Ivaldo e Robson Bambu, os volantes Erick e Matheus Rossetto, os meias João Pedro e Léo Cittadini e os atacante Anderson Plata, Gabriel Poveda e Bergson. Entre esses, Zé Ivaldo e Léo Cittadini já jogaram nos dois torneios.

+ Confira a classificação completa e a tabela de jogos da Taça Dirceu Krüger

Mas o problema de Guanaes poderá se agravar ainda mais. Isso porque caso passe pelo Leão da Estradinha, as competições continuam a deixar as datas em conflito. A final do returno será no dia 10 de abril, apenas um dia após o jogo contra o Tolima, e as finalíssimas do Estadual acontecerão nos dias 14 e 21. No dia 24, O Furacão tem mais um jogo da fase de grupos do torneio continental, diante do Jorge Wilstermann, na Bolívia.

O técnico do aspirantes já falou em outras oportunidades que por mais que esteja trabalhando firme para conduzir a equipe o mais longe possível no Paranaense, tem por objetivo ‘lapidar’ atletas para dar ao grupo principal peças para a sequência do trabalho. Portanto, a tendência é que a prioridade seja de Tiago Nunes na hora de escolher para qual grupo vão os jogadores.

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do Trio de Ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!