Barcímio Sicupira Júnior, o craque da 8, foi eleito o melhor jogador da história do Athletico em enquete promovida pela Gazeta do Povo/Tribuna.

Sicupira, que defendeu o Rubro-Negro entre 1968 e 1975, bateu o atacante Alex Mineiro, herói do título brasileiro de 2001, na fase final da votação. Nas rodadas anteriores, também derrotou, na opinião popular, o atacante Assis, o lateral-esquerdo Renan Lodi e o volante Kléberson.

Aos recém-completados 76 anos, Sicupira agradeceu os torcedores. “Cara, pra minha vida inteira, ainda mais dentro da quarentena, isso é um elogio sem tamanho. Me deixa até sem ação. Sou abençoado porque tive o dom desde criança. Nasci com a bola no pé”, disse o ídolo rubro-negro.

“Fico muito honrado. Às vezes, as coisas se tornam maiores do que a gente espera. Eu já nem sei direito como chutava a bola”, completou, com seu conhecido bom-humor, o maior artilheiro da história do Furacão, com 158 gols.

Ao saber do resultado da enquete, Sicupira fez questão de lembrar do pai, que trabalhou por 60 anos na Federação Paranaense de Futebol (FPF) e era seu maior admirador.

“Sei do orgulho que ele tinha por mim. Queria que ele estivesse vivo para saber, sem jamais desmerecer qualquer um. Eu fico muito agradecido. Essa torcida só me fez coisa boa, só me prestigiou. Foram oito anos. Sei bem como era a realidade e como é hoje. Fiz parte de um começo. Fui um palitinho na história do Athletico”.

Veja homenagem ao craque:

+ Mais do Furacão:

+ Turner deixa de pagar acerto milionário com Athletico e Coritiba
+ Walter no Athletico: Conversa com Petraglia deixou atacante sem dormir


A Tribuna precisa do seu apoio! 🤝

Neste cenário de pandemia por covid-19, nós intensificamos ainda mais a produção de conteúdo para garantir que você receba informações úteis e reportagens positivas, que tragam um pouco de luz em meio à crise.

Porém, o momento também trouxe queda de receitas para o nosso jornal, por isso contamos com sua ajuda para continuarmos este trabalho e construirmos juntos uma sociedade melhor. Bora ajudar?