Maior artilheiro da história do Athletico, Barcímio Sicupira, 76 anos, pegou a torcida de surpresa nesta sexta-feira (5) após anunciar que está recuperado de uma pneumonia. Inicialmente com suspeita de Covid-19, ele ficou duas semanas internado em um hospital de Curitiba.

Responsável por 158 gols pelo Furacão, Sicupira revelou o caso em um vídeo no Instagram. “Sentiram minha falta? Andei meio sumido, não participei muito das coisas porque, por incrível que pareça, tive um problema e ninguém ficou sabendo, a não ser a família”, disse o ex-jogador.

View this post on Instagram

Voltei pessoal!

A post shared by Sicupira 8 (@sicupira8) on

“Tive, inclusive, ameaça do Covid-19. Eu estava bem no domingo retrasado. De repente, começou a me dar uma tremedeira, que não conseguia segurar nada na mão. Febre, náusea e a respiração curtinha. Aí, gente, o que será que é? A doença da moda é o Covid e como sou de risquíssimo [sic], digo, danou-se. Mas felizmente estou saindo hoje do hospital Costantini, mais uma vez maravilhosamente cuidado. Não tem nenhum caso de coronavírus lá. Eu tive uma pneumonia, água no pulmão direito”, completou o ídolo rubro-negro.

>> ÍDOLO: Relembre homenagens ao craque Sicupira!

Em 2019, Sicupira também precisou ser internado para tratar um problema pulmonar crônico. Ele ficou dez dias no hospital. No ano anterior, o ídolo atleticano passou por cirurgia no coração.

+ Mais do Furacão:

+ Mafuz: Sicupira, Jackson, Kléber ou Alex Mineiro: quem foi o maior artilheiro?
+ Sicupira é eleito o maior jogador da história do Athletico


A Tribuna precisa do seu apoio! 🤝

Neste cenário de pandemia por covid-19, nós intensificamos ainda mais a produção de conteúdo para garantir que você receba informações úteis e reportagens positivas, que tragam um pouco de luz em meio à crise.

Porém, o momento também trouxe queda de receitas para o nosso jornal, por isso contamos com sua ajuda para continuarmos este trabalho e construirmos juntos uma sociedade melhor. Bora ajudar?