Apesar de ter a melhor campanha do Campeonato Paranaense e de fazer a finalíssima em casa, o Athletico não quer tratar de favoritismo na decisão com o Toledo, que começa neste domingo (14), às 16h, no estádio 14 de Dezembro. Alerta por conta da possibilidade de surpresas, o técnico Rafael Guanaes usou o pouco tempo de preparação para a partida para exigir total concentração do elenco.

+ Time: Confira a escalação do Athletico pro jogo deste domingo

Se o Toledo teve duas semanas para treinar pensando na final do Estadual, o Furacão encarou uma tensa e desgastante batalha contra o Coritiba, na última quarta-feira (10), para garantir seu ingresso na decisão. Por isso, a rigor, Guanaes teve três treinamentos com os jogadores, sem poder impor grande intensidade aos trabalhos. “Estamos focando muito na recuperação dos atletas”, admitiu o treinador.

+ Adversário: Toledo tá pronto pra decisão

Por isso, é na base da conversa que o Athletico vai se organizando para o primeiro jogo decisivo do Paranaense. O primeiro ponto tratado por Rafael Guanaes foi a fuga de qualquer comparação do jogo deste domingo com a goleada de 8×2 aplicada pelo Furacão na primeira rodada da Taça Dirceu Krüger. “Naquele momento, eles vinham de uma conquista, e nós precisando decidir já no primeiro jogo. Agora, as duas equipes estão focadas nesses dois jogos”, comentou.

+ Garantido: Tiago Nunes fica no Athletico; Petraglia ataca ‘xará’ mineiro

E daí vem mais um pedido para que o time esteja concentrado diante do Toledo. “Será outro jogo. Desta vez, com o adversário descansado. Será uma final de pouco erro e muita atenção. O primeiro jogo é fundamental, porque precisamos estar adaptados à tudo para fazer um grande jogo”, finalizou Rafael Guanaes.

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do Trio de Ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!