Ibagué, Colômbia – Para encarar o Athletico nesta terça-feira (05), pela estreia da Libertadores 2019, o Tolima fez seu dever de casa. Em entrevista coletiva na tarde desta segunda-feira (04), o técnico Alberto Gamero mostrou muito conhecimento sobre o Furacão e ainda que acredite que o time paranaense venha muito forte, quer fazer sua equipe sair de campo com importantes pontos somados. O jogo acontece a partir das 21h30 (de Brasília) no estádio Manuel Murillo Toro, em Ibagué, na Colômbia.

+ Leia também: Saiba tudo sobre a estreia do Furacão na Libertadores

O comandante do “Vinotinto y Oro” falou sobre a longa preparação do grupo atleticano, citou os dois amistosos feitos pelo Furacão com os paraguaios do General Díaz e Guaraní e destacou o fato de muitos jogadores do elenco campeão da Sul-Americana serem mantido.

+ Mais: Furacão faz o reconhecimento do gramado no palco do espetáculo

“Eles fizeram uma pré-temporada com foco na Libertadores. Mantiveram a base de jogadores, apenas poucos saíram, mas não contam com todos. Ainda assim devem vir com um time com seis ou sete jogadores do elenco do ano passado”, explicou.

Analisando cada posição no time do Rubro-Negro, o treinador chegou a citar as características de velocidade das laterais, os jogadores fortes no meio campo e a boa imposição dos atacantes. Devido às possibilidades dentro do elenco, Gamero sabe que o técnico Tiago Nunes pode montar sua equipe de diferentes formas possíveis.

+ Veja ainda: Palco do duelo do Athletico com o Tolima passa por últimos ajustes

“É uma equipe que tem variantes ofensivas e movimentos táticos que conseguem desordenar a equipe rival. Podem se organizar muito bem para criar uma situação esperando uma bola para definir, mas acredito que não vão jogar desta forma”, detalhou.

Já pensando nos outros adversários do grupo G da Libertadores, o Jorge Wilstermann, da Bolívia e o Boca Juniors, da Argentina, o treinador colombiano afirmou que precisa do resultado para assim conseguir pontuação suficiente para avançar de fase.

+ Confira:  Camisas do Tolima estão por todas as partes em Ibagué, cidade da estreia do Athletico

“Nunca há favorito antes de uma partida. Nós estamos conscientes de que vamos fazer o nosso jogo e que vamos enfrentar uma equipe muito difícil, atual campeão da Sul-Americana e que no ano passado fez um trabalho muito bom. Mas ainda assim a nós temos expectativa de ganhar para somar pontos no grupo e conseguir avançar”, finalizou.

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do Trio de Ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!