Por conta dos 50 anos da conquista do tricampeonato mundial da seleção brasileira, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) resolveu homenagear todos os jogadores que fizeram parte desta história. Atletas que foram campeões em 1958, 1962 e 1970 estão recebendo uma réplica da Taça Jules Rimet, que ficou com o Brasil em definitivo após o título no México.

Entre estes homenageados está José Ferreira Franco, o Zequinha, que foi reserva de Zito na Copa do Mundo de 1962, no Chile. O ex-volante fez carreira no Palmeiras, mas defendeu o Athletico entre 1968 e 1969. Ele acabou falecendo em 2009, aos 75 anos, mas, mesmo assim, não foi esquecido pela CBF.

Réplica da taça entregue aos jogadores. Foto: Arquivo pessoal

“A conquista de 1970 começou bem antes, em 1958, na Suécia. Passou pelo bicampeonato no Chile em 1962. Três grandes conquistas de times inesquecíveis, que deslumbraram o mundo. Três times de heróis”, diz parte da carta enviada pela CBF para os jogadores ou familiares.

Foto: Arquivo pessoal

+ Mais do Furacão:

+ Athletico pode ter retornos importantes contra o Vasco
+ Athletico recebe ‘bolada’ milionária da Turner
+ Athletico ganhará quantia generosa da Conmebol na volta da Libertadores


A Tribuna precisa do seu apoio! 🤝

Neste cenário de pandemia por covid-19, nós intensificamos ainda mais a produção de conteúdo para garantir que você receba informações úteis e reportagens positivas, que tragam um pouco de luz em meio à crise.

Porém, o momento também trouxe queda de receitas para o nosso jornal, por isso contamos com sua ajuda para continuarmos este trabalho e construirmos juntos uma sociedade melhor. Bora ajudar?