O primeiro clássico Atletiba da temporada de 2017 acontece neste domingo (19), às 17h, na Arena da Baixada, pelo Campeonato Paranaense. O maior embate do futebol do Estado, por si só, já traz suas características e emoções próprias. O primeiro encontro entre Atlético e Coritiba não será diferente. Apesar de jogar com seu time alternativo e com muitos garotos, o Rubro-Negro vai em busca da primeira vitória no Estadual. Já o Coxa quer, diante do seu maior rival, emplacar uma grande atuação e, de que quebra, se reaproximar do topo da classificação do certame.

Do lado do Atlético, o técnico Paulo Autuori chamou para si a responsabilidade de utilizar, no início do Estadual, uma equipe alternativa. O Furacão ainda não se encontrou no certame e conquistou apenas dois pontos em três partidas. Apesar dos resultados ruins, o comandante jogou a responsabilidade para o outro lado para o primeiro clássico Atletiba do ano e lembrou que a parte dos jogadores têm idade de sub-20 ainda.

Thiago Heleno pode ser usado no Atletiba para ganhar ritmo de jogo. Foto: Henry Milleo
Thiago Heleno pode ser usado no Atletiba para ganhar ritmo de jogo. Foto: Henry Milleo

“Eu acho que a preocupação seria dos outros. Nós temos feito jogos com uma equipe praticamente sub-20, acelerando bastante o processo de maturidade destes jogadores, que é o que nós queremos, e temos feito jogos em que não ganhamos, mas que fomos melhores. Perdemos por erros próprios. Isso faz parte do processo de aprendizagem. Queremos criar um espírito de vitória, isso é o mais importante e isso é construído. Estou completamente tranquilo e passo isso para eles, logicamente, querendo que eles transformem os bons jogos deles em vitórias. Não conseguiram por erros que cometemos e que não vamos repetir, não tenho dúvida”, declarou Autuori, na antevéspera do Atletiba.

A principal novidade do time atleticano para encarar o clássico pode ser a entrada do zagueiro Thiago Heleno na defesa. O defensor ainda precisa de mais ritmo de jogo e a sua entrada pode acontecer visando o jogo da volta contra o Deportivo Capiatá, pela Libertadores, no Paraguai, na próxima quarta-feira. A base da equipe que vem atuando nos jogos do Estadual deve ser mantida no Atletiba, inclusive com os meias Rossetto e João Pedro, que foram utilizados no último meio de semana contra os paraguaios,na Arena, pela competição internacional.

O outro lado do Atletiba

O Coritiba ainda vive um clima de mistério para o primeiro Atletiba de 2017. Com cinco desfalques – Alan Santos, Yan Sasse, Rodrigo Ramos, Rildo e João Paulo, todos machucados -, o técnico Paulo César Carpegiani ainda não definiu o time que vai encarar seu maior rival, na Arena. Mas o tema principal durante a semanas nas entrevistas foi o aumento da responsabilidade diante da equipe alternativa do Furacão para o clássico.

Kléber ainda não marcou um gol em Atletibas. Foto: Henry Milleo
Kléber ainda não marcou um gol em Atletibas. Foto: Henry Milleo

“Independente de qualquer coisa é o Atlético que está lá, é um Atletiba. Independente dos jogadores que venham vai ser difícil. É um estádio também que tem grama sintética, pode ser que tenha vantagem para gente em alguma coisa, pode ser que não. Eu acho que eles têm uma certa vantagem pelo estádio que tem, ninguém no Brasil é habituado a jogar (grama sintética). Tem prós e contras dos dois lados. Vamos ver quem consegue ter êxito no jogo”, garantiu o atacante Kléber, que depois de quase dois anos de clube, ainda não marcou gols em clássicos contra o Atlético.

A equipe que vai começar o Atletiba na Arena da Baixada será confirmada somente momentos antes da partida, mas não deve ter grandes mudanças com relação ao time que venceu o Foz, no último sábado, no Couto Pereira. A principal novidade pode ser a estreia do volante Jonas, recuperado de uma lesão muscular, que deve ganhar a vaga de Edinho. Com isso, Matheus Galdezani jogará um pouco mais a frente e auxiliará Ruy no setor de criação. O trio ofensivo formado por Henrique Almeida, Kléber e Neto Berola deve ser mantido por Carpegiani.

Ficha técnica

CAMPEONATO PARANAENSE
1ª Fase – 5ª Rodada

Atlético x Coritiba

Atlético
Santos; Léo, Thiago Heleno (José Ivaldo), Wanderson e Nicolas; Luiz Otavio, Rossetto e João Pedro; Douglas Coutinho, Crysan e Luís Henrique.
Técnico: Paulo Autuori

Coritiba
Wilson; Werley, Walisson, Juninho e Carlinhos; Jonas (Edinho), Matheus Galdezani e Ruy; Henrique Almeida, Kleber e Neto Berola.
Técnico: Paulo César Carpegiani

Local: Arena da Baixada
Horário: 17h
Árbitro: Paulo Roberto Alves Junior
Assistentes: Weber Felipe Silva e Julio Cesar de Souza