O Atletiba decisivo de domingo, no Couto Pereira, pode fazer o Furacão levar mais torcedores à arquibancada, como visitante, do que levou em sete dos 11 jogos que fez em “casa”. Isso desde que toda a carga seja esgotada.

O Coritiba disponibilizou 3.447 ingressos para os atleticanos, número superior a alguns públicos do clube este ano. O menor deles foi registrado na última rodada do returno, contra o Paranavaí. A partida que já não valia mais nada, com o Rubro-Negro já garantido nas finais, e atraiu 1.438 pagantes apenas. O segundo pior público foi em Ponta Grossa, no Germano Krüger -primeiro jogo do Furacão com mandante -, em partida para 1.736 pagantes.

Para tentar lotar o espaço reservado para a torcida no Couto Pereira, fazendo o caminho inverso do Coritiba, que só levou 600 torcedores à Vila Capanema no primeiro jogo das finais, domingo passado, o Atlético abre hoje a venda de ingressos para torcedores que não são sócios. Ontem foram comercializados 1.400 bilhetes, em dia reservado apenas para venda aos sócios que puderam adquirir até duas unidades por smart. Hoje, segue a venda nas bilheterias da Arena da Baixada e ainda há cerca de dois mil ingressos à disposição. Os bilhetes inteiros custam R$ 95 e a meia-entrada R$ 47.