O Atlético Paranaense perdeu por 2 a 1 para o Internacional, em jogo válido pela 4ª rodada do Campeonato Brasileiro, na noite deste sábado (10). Jogando em Porto Alegre, o time de Miguel Ángel Portugal foi pressionado ao longo de todo o segundo tempo.

O resultado deixa o Atlético em 13º lugar com quatro pontos, enquanto o Inter de Abel Braga termina a partida na liderança do Brasileiro, com 10 pontos.

O próximo desafio do Atlético no campeonato será no dia 18, contra a Chapecoense, no estádio Willie Davids. Já o Inter enfrentará, no mesmo dia, o Criciúma.

“Sabíamos que a equipe do Internacional vinha forte. Tomamos dois gols bobos e infelizmente não conseguimos reverter a situação”, disse Marcos Guilherme.

O jogo

A partida começou com o Internacional colocando pressão na equipe de Miguel Ángel Portugal. A zaga do Furacão barrou boas oportunidades criadas pelo Inter. Mas, apenas no meio da primeira etapa, o Atlético chegou com ao ataque.

O primeiro lance de perigo do Furacão aconteceu apenas aos 28 minutos, quando Marcelo fez boa jogada invadindo a área do Inter. Ele chegou com velocidade, mas foi barrado com um carrinho de Paulão, que foi substituído minutos depois com dores.

Outro lance de perigo do Atlético na primeira etapa foi aos 39 minutos. Após boa jogada de Natanael, Marcelo recebeu e chegou até a lateral da área do Inter, mas ele foi barrado por Otávio.

Etapa final

O segundo tempo foi totalmente diferente do segundo. O jogo foi mais forte e com mais jogadas de perigo. Aos 6 minutos o Atlético abriu o placar após jogada de Marcelo. Ele conseguiu enfiar para Marcos Guilherme, que mandou a bomba para o fundo do gol de Dida. Porém, dois minutos depois, Alan Patrick passou para D´Alessandro, que acertou o chute no certeiro no gol de Weverton, empatando a partida.

Aos 22 minutos o Inter garantiu a vitória. Alan Patrick aproveitou bom toque de Rafael Moura, que mandou um chute forte no ângulo de Weverton. Indefensável.

Aos 39 Sueliton perdeu boa chance para o Atlético. Após cobrança de escanteio, a bola sobrou alta para ele, que tentou uma bicicleta. Porém, a bola bateu na canela do jogador. Weverton, goleiro do Furacão, foi para o ataque nos três minutos finais, mas sem sucesso.