Eduardo Anizelli/Folha de Londrina
Jotinha, que empatou ontem com o Tubarão,em Londrina, ficaria na outra chave.

Terminada a 10.ª rodada do Campeonato Paranaense, o equilíbrio permanece na competição.

Do 2.º ao 9.º colocado, a diferença é de apenas cinco pontos. O destaque da rodada foi o chocolate aplicado pelo Atlético em cima do Iguaçu: 8 a 1, a maior goleada do certame. Nas outras partidas, destaque para o Iraty, que venceu a 3.ª seguida e segue na vice-liderança. Na luta contra o rebaixamento, tudo indica que há três candidatos para duas vagas. Rio Branco, Iguaçu e Portuguesa não somaram pontos novamente e não esboçam recuperação.

Faltam cinco rodadas para o término da 1.ª fase do Estadual. O curioso é que se o campeonato acabasse hoje, os três grandes da capital estariam juntos no mesmo grupo. O Atlético (1.º), Coritiba (4.º) e o Paraná (8.º). O Engenheiro Beltrão (6.º) seria o quarto representante. O outro grupo seria formado por Iraty (2.º), Toledo (3.º), J. Malucelli (5.º) e Londrina (7.º).

Londrina e J. Malucelli

Em um jogo equilibrado, Londrina e J. Malucelli ficaram no empate por 1 a 1. Com o resultado, o Tubarão é o 7.º com 16 pontos. O Jotinha caiu para 5.º, com 17 pontos.

Com as duas equipes em ascensão, os 10 mil torcedores que compareceram ao Estádio do Café esperavam uma grande partida. O Londrina começou pressionando o Jotinha. Rafael Akai, que voltou de suspensão, chutou, o goleiro deu rebote e Danielzinho chutou pra fora, perdendo a chance de abrir o placar. O jogo era lá e cá. No contra ataque, Bruno Batata recebeu na área e chutou na rede pelo lado de fora. No final do jogo, quando as duas equipes já se contentavam com o empate sem gols, Rafael Akai, o artilheiro do Tubarão, marcou 1 a 0. Mas, já nos acréscimos, aos 46, Valdenir empatou para o Jotinha e deu números finais à partida. Final, 1 a 1. Na próxima rodada, o Londrina encara o Toledo fora de casa. O J. Malucelli enfrenta o Paraná, na Vila Capanema.

Iraty, Toledo e Engenheiro sobem

O Iraty goleou o Real Brasil no Emílio Gomes por 4 a 0. Com o resultado, o Azulão mantém a vice-liderança do Estadual com 20 pontos ganhos. O Real fica com 12 pontos na 11.ª posição. Rodriguinho duas vezes, Gilson e Ceará marcaram para os donos da casa. Na quarta-feira, o Iraty, mais uma vez em casa, pega o Iguaçu. O Real Brasil recebe o Adap Galo, em São José dos Pinhais.

Em Engenheiro Beltrão, o time da casa recebeu o decadente Rio Branco e venceu pelo placar de 2 a 1. As duas equipes estreavam novos treinadores. Melhor para Itamar Belasalmas, que substituiu Claudemir Sturion. No Leão da Estradinha, que segue seu calvário, Walter Neto, Netinho, viu a sua nova equipe perder mais uma. O Engenheiro saiu na frente com Marcelo de cabeça. No começo da 2.ª etapa, o Rio Branco empatou o jogo através de Negreiros, em cobrança de um pênalti.

Aos 20, Givanildo fez o gol da vitória do Beltrão. Na quarta-feira, o Engenheiro Beltrão enfrenta o Coritiba, no Couto. O Leão da Estradinha faz um jogo de vida ou morte contra a Portuguesa, em Cambé.

Numa boa

O Toledo bateu, por 2 a 0, o Paranavaí, com gols de Ray, aos 42 do 1.º tempo, e Guaru, aos 33 da etapa final. Com o resultado, o Toledo assume a 3.ª posição com 19 pontos. Já o atual campeão estadual segue em 13.º, com 10. No meio da semana, na 11.ª rodada, o Toledo recebe o Londrina. O Paranavaí pega o Cascavel fora de casa.

De virada

Em Maringá, o Adap Galo conseguiu, de virada, vencer a equipe do Cascavel pelo marcador de 2 tentos a 1. Agora, o Galo tem 15 pontos e divide a 8.ª posição com o Paraná. A Cobra permanece com 12 pontos, no 10.º lugar.

Com as duas equipes empatadas com o mesmo número de pontos (12), a partida prometia muito empenho e luta de ambas as partes. Aos 37? do primeiro tempo, um susto para a equipe da casa. Cleyton Mineiro deixou dois marcadores sentados antes de abrir o placar: 1 a 0 Cascavel. No intervalo, o técnico Lio Evaristo conversou com seus jogadores, que voltaram mais ligados na partida. No começo do segundo tempo a zaga da Cobra deu bobeira e Alex Noronha chutou da entrada da área. A bola bateu na trave antes de entrar: 1 a 1. Após uma cobrança de escanteio, o atacante Fernando Gaúcho, de cabeça, virou o jogo para o Galo. Final: Galo 2, Cascavel 1. Na próxima rodada, o Adap enfrenta o Real Brasil em Pinhais. Já o Cascavel recebe o Paranavaí, no Olímpico.