Finalmente o Atlético inicia uma semana de trabalho com relativa tranquilidade. Relativa porque mesmo com a liderança isolada no campeonato paranaense, o elenco precisa se concentrar para a importante partida de amanhã, diante do ABC/RN, na Arena.

O jogo vale classificação à próxima fase da Copa do Brasil e consequentemente o confronto com o Corinthians/SP. O Furacão também não pode ignorar completamente que no final de semana tem Atletiba decisivo.

Para enfrentar o time potiguar, o técnico Geninho não poderá contar com o volante Fransergio, que foi expulso em Natal/RN, e possivelmente com o ala Zé Antônio, que sentiu uma fisgada na coxa durante o jogo com o Paraná, no último sábado.

Com essas baixas, mudanças na equipe vão acontecer. Na ala direita o garoto Raul, 19 anos, pode ganhar sua primeira chance como titular, após ter entrado bem no 2.º tempo do clássico. No meio-campo, o técnico tem alternativas, porém não muitas.

A mais provável é o retorno de Chico para a posição de 2.º volante, no lugar de Fransérgio, e a entrada de Gustavo na zaga. “Eu posso, de repente, colocar um outro meia e jogar apenas com o Jairo (como volante). Ou adiantar o Chico. Vai depender muito de como virá o ABC”, analisou Geninho. Nas demais posições a mesma formação que venceu o Paraná.

A novidade para esse jogo pode ser a volta do meia-atacante Marcinho. O jogador está se recuperando de uma lesão no tornozelo esquerdo e deverá figurar no banco de reservas para uma eventual necessidade.

Outro que estará na suplência é o atacante Wallyson que, aos poucos, está ganhando espaço no time e no coração da galera rubro-negra. Ídolo do adversário alvinegro, o jovem de 20 anos tem entrado bem nos jogos do Furacão e feito gols.

Inclusive foi dele o tento que garantiu o empate ao Atlético no Rio Grande do Norte e a vantagem de jogar por dois resultados iguais (empate sem gols ou 1 a 1) ou vitória simples na Arena. Qualquer outro placar, o time potiguar sai classificado, o que significaria a segunda desclassificação prematura do Atlético na Copa do Brasil.

Fora

Além de Zé Antônio, continuam em tratamento no DM, os laterais Alberto e Nei e os volantes Valencia e Renan. Wesley não pode ser relacionado em jogos da Copa do Brasil por ter defendido o Santos anteriormente.

Julgamento

O atacante Rafael Moura será julgado amanhã no TJD-PR em sessão extraordinária da 2.ª Comissão Disciplinar. Ele foi expulso pelo árbitro Evandro Roman por um suposto desentendimento com Marcelo Alves, do Paranavaí, na partida realizada em 22 de março. O artilheiro do campeonato está incluso no artigo 253 do CBJD, que prevê suspensão entre 120 e 540 dias.