A noite era de festa na Vila Capanema. O Atlético comemorava 90 anos de existência nesta quarta-feira (26). Porém, o Vélez não quis nem saber e surpreendeu o Furacão, vencendo por 3 a 1, em partida válida pela Libertadores.

Com o resultado, o time argentino se garantiu na próxima fase da competição. Já o Atlético irá brigar pela segunda vaga contra o The Strongest, na Bolívia, no próximo dia 8.

O jogo

Mesmo contando com o atacante Marcelo à disposição, o técnico Miguel Ángel Portugal optou pela permanência de Bruno Mendes entre os titulares. Em uma falha defensiva do Furacão, que ficou em linha, o Vélez abriu o placar na Vila Capanema.

Aos seis minutos, Allione recebeu na cara de Wéverton e finalizou na saída do goleiro: 1 a 0. O revés deixou o Atlético nervoso em campo e o atacante Bruno Mendes protagonizou um lance incrível.

Após falha do goleiro Sosa, o jovem acabou finalizando na trave, mesmo com o gol aberto à sua frente. Com o apito final do primeiro tempo, o treinador atleticano foi chamado de burro pela torcida.

Na etapa final, o Atlético voltou com Marcelo entre os titulares. A modificação deu maior movimentação ao jogo. Logo aos oito minutos, o uruguaio Mirabaje cobrou falta na área, o zagueiro Dráusio desviou e marcou o seu primeiro gol pelo Furacão: 1 a 1.

Quando o time da casa começou a empolgar o seu torcedor, os argentinos jogaram um balde de água fria na festa rubro-negra. Aos 14 minutos, Pratto recebeu na área e ampliou para o Vélez.

O time do técnico Miguel Ángel ainda conseguiu criar boas oportunidades para empatar, mas, acabou parando na defesa argentina. No último minuto, Canteros decretou a vitória gringa: 3 a 1.