O Atlético recebeu o Cascavel na tarde de hoje, na Arena, fez uma grande partida e goleou por 5 a 0. Com a vitória, Furacão chega a 7 pontos e assume a primeira colocação do octagonal do Paranaense 2010. Próximo compromisso do rubro negro será na quinta-feira contra o Sampaio Corrêa, pela Copa do Brasil. Pelo Estadual volta a campo no próximo fim de semana para pegar o Paraná Clube.

O primeiro tempo foi um massacre do Atlético, que marcou o primeiro logo aos 23 segundos. Veloso dividiu com Bruno Mineiro e a bola sobrou com Pepe Toledo, que driblou o goleiro e empurrou. Cascavel nem teve tempo para assimilar o golpe e já levou mais um aos 7 minutos. Em trama ofensiva rápida, Pepe Toledo tocou para Bruno Mineiro, que da meia lua da grande área mandou a bomba na gaveta para fazer um golaço.

No minuto seguinte, Raul levantou na cabeça de Bruno Mineiro, que subiu livre e testou para fora. Só dava Furacão. Aos 17, bolão de Baier para Pepe Toledo, que bateu no alto, mas Veloso fez bela defesa. Cobra estava batida em campo e o rubro negro marcou o terceiro aos 36. Pepe Toledo achou Raul livre na área, o lateral bateu em cima de Veloso, que aceitou. Ainda teve tempo para mais um aos 41. Após cobrança de escanteio, a bola sobrou com Paulo Baier, que tocou para Rhodolfo. O zagueiro cortou a marcação e bateu colocado para fazer um belo gol.

Cascavel voltou modificado para segunda etapa. Ciro e Wellington entraram nos lugares de Mineiro e Rodrigo. Atlético voltou com fome de gols e quase fez o quinto aos 6 minutos. Pepe Toledo deixou para Márcio Azevedo, que bateu forte, mas Veloso, com a ponta dos dedos, salvou o Cascavel. No minuto seguinte um lance incrível. Raul cruzou para Javier Toledo, que subiu sozinho, mas cabeceou para fora.

Atlético não parava de buscar o ataque e poderia ter ampliado aos 15. Netinho fez jogada incrível ao driblar três e tocar para Pepe Toledo, que buscou o canto e a bola foi na trave. Aos 18 não teve jeito. Pepe Toledo, o garçom, achou Bruno Mineiro livre e o artilheiro cabeceou no canto sem chances para o goleiro. Furacão seguiu em cima, mas procurou cadenciar mais a partida e tocar a bola no campo de ataque. Final: Atlético 5, Cascavel 0,