O Atlético está arrumando as malas para viajar para a Espanha. Reprisando o que fez em 2013, o Rubro-negro está próximo de fechar outra pré-temporada no exterior para aprimorar a equipe, buscar possíveis investidores e negociações de atletas. Desta vez, a programação tem quase o dobro de dias fora do Brasil. O Atlético permanecerá na província de Málaga de 24 de janeiro a 19 de fevereiro (27 dias), para realizar treinamentos e amistosos. A reapresentação do grupo principal ocorre amanhã.

No final do ano passado, o treinador Claudinei Oliveira já havia revelado a possibilidade de nova pré-temporada internacional. “Seria importante esse intercâmbio, a parte tática, trocar ideias para os jogadores verem outras realidades também”, declarou, em entrevista coletiva.
Além da oportunidade de ajustar o time, a jornada estrangeira é vista como uma chance de realizar negócios pela diretoria do clube. Em 2013, o Furacão trouxe o espanhol Fran Mérida. A contratação do meia revelado no Barcelona foi fechada durante a viagem e o jogador já veio para Curitiba no retorno da delegação.

A viagem foi revelada pela Football Impact Sport Management, gerenciadora da excursão atleticana. No período em que o Furacão estiver na Europa, mais 22 equipes – ver quadro – estarão participando dos chamados “training camps” (“clínicas de treinamento”, na tradução livre do inglês).

A empresa espanhola é quem organiza a Marbella Cup, torneio vencido pelos paranaenses há dois anos, com vitória por 1×0 sobre o Dínamo Bucareste, da Romênia. Na ocasião, foram cinco jogos (contando com dois amistosos isolados) e catorze dias longe de Curitiba.

Meses sem jogar

Como ocorreu em 2013 e 2014, o grupo principal fará novamente uma longa pré-temporada (no resumo de Claudinei Oliveira, praticamente três meses de preparação), com estreia oficial em solo brasileiro somente na Copa do Brasil. O Furacão pega o Remo na primeira fase, em data indefinida. Depois, será a vez de jogar o Brasileiro. Enquanto isso, o time sub-23 disputará o Campeonato Paranaense. Já confinado no CT desde segunda-feira, o grupo está sendo dirigido por Marcelo Vilhena, auxiliar de Claudinei Oliveira. A largada no Estadual será dia 1º de fevereiro, diante do Cascavel, fora de casa.

Vai ter?

Ainda não está definido se a Marbella Cup terá a sua sexta edição este ano. Em 2014, o Dínamo acabou com a taça ao bater o IFK Göteborg, da Suécia.