Apesar da possibilidade de maior renda jogando no Mineirão, o Atlético-MG decidiu que irá utilizar o Independência em seu primeiro duelo como mandante na Copa Libertadores, no dia 13 de abril, uma quinta-feira, às 19h30, contra o Sports Boys, time da Bolívia.

A diretoria confia no bom retrospecto do Atlético-MG no Horto. O clube alvinegro chegou, na segunda-feira, contra o Tupi, à sua 100.ª vitória desde a reinauguração do estádio, em 2012, tendo feito ali 147 partidas. São só 15 derrotas no Independência.

Apesar de mais acanhado – tem capacidade para até 22 mil torcedores -, o Independência costuma se tornar um caldeirão para os adversários do Atlético-MG em jogos importantes. Para a Libertadores, o clube já vendeu cerca de 10 mil pacotes com as três partidas da primeira fase.

O Atlético estreou na Libertadores com empate em 1 a 1 com o Godoy Cruz em Mendoza, na Argentina. Depois dos bolivianos, a equipe enfrenta duas vezes o Libertad, primeiro no Paraguai, depois em casa, no dia 26 de abril. O último jogo em casa, contra os argentinos, será em 16 de maio.