Belo Horizonte – Numa partida em ritmo de amistoso, com erros de ambas as partes, Atlético-MG e Vasco, empataram por 1 a 1, ontem, no Mineirão, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro. Renato marcou para os mineiros e Róbson Luiz empatou para os cariocas.

Na próxima rodada, o Atlético-MG pega o Botafogo, na quarta-feira, em Caio Martins. Já o Vasco recebe o Guarani, na quinta-feira, em São Januário.

As duas equipes entraram em campo buscando a primeira vitória no Brasileiro. Afinal, o Atlético vinha de um empate sem gols com o Palmeiras, em São Paulo, enquanto o Vasco foi derrotado, em São Januário, por 1 a 0, pelo Criciúma. Porém, apesar disso, a partida começou em ritmo de amistoso. O time vascaíno preocupava-se apenas em fechar o meio-campo e dificultar as descidas do adversário. Já o Atlético-MG não conseguia mostrar força ofensiva capaz de superar a barreira defensiva montada pelo técnico Geninho.

Errando muitos passes e preso à marcação vascaína, o Atlético chegou com perigo pela primeira vez apenas aos 15 minutos.

Depois de lançamento na área, a bola sobrou para Carlinhos, na pequena área. O lateral tentou de cabeça, mas concluiu para fora na frente do goleiro Fábio.

Apesar da preocupação defensiva, o Vasco quando avançava rumo ao ataque, penetrava na defesa atleticana com facilidade. Por isso, teve a chance de abrir o placar aos 20 minutos. Rodrigo Souto desceu pela direita e lançou para Claudemir na entrada da área. O atacante vascaíno avançou e chutou forte. Porém, o goleiro Eduardo fez grande defesa, garantindo o empate sem gols na primeira etapa.

No início do segundo tempo, o Atlético voltou totalmente diferente daquele que jogou o primeiro tempo. A equipe não foi modificada, mas a vontade apresentada era bem superior a da etapa inicial. Tanto que, em menos de dez minutos, teve três oportunidades para marcar. Na última delas, aos nove minutos, conseguiu chegar ao primeiro gol. Carlinhos insistiu pela direita e cruzou para a área. Renato apareceu livre e chutou de primeira. A bola ainda acertou o travessão antes de ganhar as redes de Fábio.

Apesar dos lampejos de um bom futebol no início da primeira etapa, quando conseguiu o gol, o Atlético voltou a apresentar os mesmos erros e a mesma lentidão apresentados na etapa inicial. Com isso, o Vasco passou a criar algumas oportunidades, pois saiu para o ataque, e conseguiu chegar ao empate. Aos 34 minutos Róbson Luiz tentou cruzar da direita para a área do Atlético, mas a bola foi direto para o gol, surpreendendo o goleiro Eduardo.

Ficha técnica:

Atlético-MG: Eduardo; Carlinhos, Adriano (André Luiz), Luiz Alberto e Rubens Cardoso; Hélcio, Márcio Araújo, Renato e Tucho (Juninho); Dejair (Wagner) e Alex Mineiro. Técnico: Paulo Bonamigo.
Vasco: Fábio; Claudemir, Serjão, Wescley e Marcos Paulo (Víctor Boleta); Ygor, Coutinho (Júnior), Rodrigo Souto (Wesley) e Henrique; Valdir e Róbson Luiz. Técnico: Geninho.
Gols: Renato aos 9 e Róbson Luiz aos 34 minutos do 2º tempo.
Amarelos: Márcio Araújo, (Atlético) Coutinho, (Vasco) .
Público: 6.208 pagantes. Renda: R$ 58.004,00.
Local: Mineirão.