Sem muitas pretensões no Campeonato Brasileiro, o Atlético Mineiro enfrentará neste sábado um time que luta contra o rebaixamento e tentará explorar essa tensão para voltar a vencer fora de casa. Ao menos foi o que prometeu o atacante Jô para o duelo com o Bahia, na Fonte Nova, pela 33ª rodada do torneio nacional.

“O estádio vai estar cheio e o Bahia vai vir para cima, até porque é uma equipe que está brigando para não cair. Então, temos que procurar aproveitar esse possível desespero deles para tentar conseguir o resultado fora de casa”, disse Jô.

A opinião do atacante é compartilhada pelo técnico Cuca, que prevê um duelo difícil na Fonte Nova. “Vai ser jogo difícil. É um jogo decisivo, principalmente para o Bahia, que luta para sair dessa situação lá perto da zona de rebaixamento, tem outras equipes envolvidas também, e a gente luta para fazer o nosso melhor, que é chegar no posto mais alto que a gente puder dentro da competição”, comentou.

Cuca confirmou que vai repetir a escalação do Atlético-MG diante do Bahia, pois ficou satisfeito com a atuação do time na goleada por 5 a 0 sobre o Náutico. E ele espera que a postura seja a mesma, para que o time conquiste um bom resultado fora de casa, condição em que o time somou apenas 11 pontos em 16 jogos no Brasileirão.

“Pretendo repetir a equipe que jogou o último jogo. Foi um jogo em casa, muito bem jogado e, agora, a gente tem que jogar fora com essa mesma intensidade. Lógico que a dificuldade é maior. É um campo que vai estar cheio, é uma decisão. Então, temos que ter essa postura que a gente tem tido dentro de casa, apesar de não termos jogado mal mesmo nas derrotas que tivemos fora de casa para o Botafogo e o Atlético-PR. Jogamos bem, mas não tivemos o resultado. Vamos ver se, desta vez, a gente consegue jogar bem e ter o resultado”, disse.