Belo Horizonte (AE) – Atlético-MG e Ceará empataram por 1 a 1, nesta quarta-feira, no Mineirão, na primeira partida do confronto válido pelas quartas-de-final da Copa do Brasil. As duas equipes voltam a se enfrentar no próximo dia 18, em Fortaleza. O resultado acabou favorecendo o time visitante, que tem a vantagem de se classificar no caso de um empate sem gols.

"Nós tínhamos um propósito que era chegar aqui e não perder. E ele foi alcançado", destacou o atacante Maurílio, do Ceará.

Jogando em casa, o Atlético ficou preso na forte marcação do adversário no primeiro tempo e não conseguiu chegar ao gol. Melhor em campo, o Ceará criou boas oportunidades até abrir o placar aos 22 minutos. Após uma cobrança de escanteio, o zagueiro André Turato subiu sozinho para fazer 1 a 0.

Na etapa final, a equipe de Fortaleza se fechou na defesa. Mas o Atlético, mesmo com três atacantes em campo – o técnico Tite tirou o estreante lateral-direito Evanílson para entrada de Quirino -, ameaçava pouco.

Quando a torcida atleticana ensaiava um coro de "timinho" no Mineirão, o atacante Fábio Júnior empatou a partida, aos 37 minutos, livrando o Atlético da derrota em casa.

"No final, dos males o menor", disse o goleiro Danrlei. "Eles se fecharam muito bem. Batalhamos e conseguimos empatar. Não é um bom resultado para a gente, mas não tem nada perdido", afirmou o meia Rodrigo Fabri.

Atlético-MG: Danrlei; Evanílson (Quirino), André Luiz, Henrique e Rubens Cardoso; Amaral (Ataliba), Walker, Ramon (Prieto) e Rodrigo Fabri; Euller e Fábio Júnior. Técnico: Tite.

Ceará: Adílson; André Turato, Vanderlei e Duílio; Jamur, Sandro (Helder), Germano, Valdeir (Barata) e Victor Boleta (Sidney); Camanducaia e Maurílio. Técnico: Jair Pereira.

Gols: André Turato, aos 22 min do 1ºT; Fábio Júnior, aos 37 min do 2ºT.

Juiz: Sérgio da Silva Carvalho (DF).

Renda: R$ 120.434, 50

Público: 21.646 pagantes

Cartão amarelo: Jabur, Germano, Sandro, Amaral

Local: Belo Horizonte.