Vice-líder no Brasileirão, o Atlético entrou em campo na tarde ensolarada deste domingo (10) para encarar o São Paulo, na Vila Capanema, e não deu chances ao time paulista, vencendo o jogo por 3 a 0 em sua despedida de Curitiba no Brasileirão deste ano.

Jogando da forma que o consagrou nesta temporada, o Furacão não dava espaços para o São Paulo e saía rapidamente pelos lados do campo, contando com o apoio de Léo pela direita e buscando sempre Marcelo e Éderson, que se movimentavam muito no ataque, e Marcelo foi decisivo mais uma vez.

Eram 12 minutos de partida quando Éverton avançou pela esquerda e cruzou para o atacante, que matou no peito e sem deixar a bola cair bateu forte, estufando as redes de Rogério Ceni.

Depois de sofrer o primeiro gol, o São Paulo até conseguiu equilibrar o jogo e criar algumas oportunidades para empatar, mas o Atlético soube segurar o ímpeto do adversário e a bola parada atleticana foi mortal novamente.

Eram 27 minutos de jogo quando Paulo Baier cobrou escanteio pela esquerda e Luiz Alberto subiu mais alto do que toda a zaga do São Paulo, cabeceando no canto alto do gol de Rogério Ceni, que nada pode fazer.

Com 2 a 0 no placar o Atlético ainda teve oportunidades de ampliar o placar no primeiro tempo, já que o São Paulo se abriu ainda mais, oferecendo o contra-ataque ao Furacão, mas sem sucesso.

O Atlético voltou para o segundo tempo cadenciando mais o jogo e o São Paulo, ainda que o técnico Muricy Ramalho tenha substituído Denílson por Osvaldo, na tentativa de dar mais velocidade ao time, não conseguia ameaçar o gol defendido por Weverton.

E, aos 12 minutos, veio o golpe de misericórdia. Bruno Silva lançou Marcelo na grande área, o atacante cruzou para trás e Éderson só teve o trabalho de empurrar a bola para o fundo do gol de Rogério Ceni.

Jogo liquidado e o Atlético adotou a postura do contra-ataque, esperando o São Paulo, que trocava passes na intermediária, mas não conseguia penetrar na zaga do Furacão, limitando-se apenas a chutes de fora da área, mas sem perigo para Weverton.

Com quatro pontos na frente do terceiro colocado na tabela de classificação do Brasileirão, na próxima rodada o Atlético enfrenta o desesperado Criciúma na casa do adversário.

Veja na galeria de fotos o jogo do Furacão.