Walter Alves
Jancarlos está de volta ao time depois de cumprir suspensão automática.

O sonho do título continua, mas o Atlético começa a colocar em prática hoje o projeto 50. Ou seja, primeiro garantir a permanência na Série A para depois ir atrás de uma vaga na Sul-americana e até na Libertadores. Para tanto, o Rubro-Negro precisa confirmar os seis pontos contra o Juventude, hoje, às 16h, na Arena, e o Santos, no dia 4 de setembro. Contra os gaúchos, as novidades serão Jancarlos, Marcão e Caetano.

?A primeira meta é alcançar 50 pontos o mais rápido possível, depois vamos tentar lutar por uma vaga no grupo dos classificados para a Sul-americana e quem sabe buscar um espaço entre os classificados para a Libertadores?, aposta o técnico Antônio Lopes. Com a vitória sobre a Ponte Preta no meio de semana, o Furacão aumentou seu aproveitamento para 42% e se chegar a 48% já figura na zona da Sul-americana.

Se conseguir os três pontos contra o Juventude e o Fortaleza não vencer o Vasco, o Atlético já sobe para 14.º e fica mais próximo do pelotão da frente. Os quatro primeiros colocados garantem lugar na Libertadores e até o 11.º posto disputam a Sul-americana no ano que vem.

Para colocar em prática a busca pelos três pontos, o Delegado não poderá contar com o meia Evandro, suspenso pelo STJD. Em compensação, terá as voltas de Jancarlos e Marcão. Este último e o meia Ferreira foram absolvidos pela expulsão contra o São Caetano e estão confirmados. Assim, a grande novidade fica por conta de Caetano, que ganhou a vaga de Evandro na meia-cancha.

?Vou entrar com o mesmo pensamento de sempre, para ajudar a equipe a conseguir uma boa vitória?, analisa Caetano.

Time não deve perder mando

O Atlético praticamente não corre mais o risco de perder mando devido aos objetos lançados ao gramado na partida contra o São Paulo. O procurador do caso no STJD, Paulo Schmidt, está avaliando a súmula da partida e garante que dificilmente o clube será penalizado. Já Mário Celso Petraglia e o zagueiro Alex, do clube paulista, serão julgados.

?Houve dois objetos acusados na súmula. Em um deles houve a detenção, tem o boletim de ocorrência, e o outro não existe prova do arremesso. Só a alegação e aí seria um arquivamento do processo?, disse o procurador à Rádio Paraná. Ele coloca na condicional porque o STJD ainda vai analisar o caso, mas a tendência é de que o Rubro-Negro não perca nenhum mando. ?Não vou dizer com 100% de certeza que não haverá a denúncia, mas mantenho a convicção que o processo está fadado ao arquivamento?, apontou.

Na partida contra o São Paulo, foi arremessada uma bolinha de tênis por um adolescente logo reconhecido e encaminhado a uma delegacia. O outro objeto era um copo plástico que apareceu ao lado do banco do Tricolor, mas sem uma origem definida. Assim, o maior problema fica para Petraglia, que assumiu publicamente ter xingado o zagueiro Alex após a entrada violenta no meia Fabrício.

CAMPEONATO BRASILEIRO

23.ª Rodada
Local: Arena da Baixada
Horário: 16 horas
Árbitro: Paulo Henrique de Godoy Bezerra (SC)
Assistentes:
Claudemir Mafessoni (SC) e Alcides Zawaski Pazetto (SC)
Tempo:
A previsão é de pancadas de chuvas.
Temperatura: Os termômetros deverão variar entre 22 e 24ºC durante a partida.
TV:
Premiere – Canal 75

Atlético x Juventude

Atlético
Diego; Danilo, Paulo André e Douglas; Jancarlos, Alan Bahia, Caetano, Ferreira e Marcão; Lima e Finazzi. Técnico: Antônio Lopes

Juventude
Doni; Éderson (Rafael), Daniel Barion e Marcão; Magal, Lauro, Leandro Moreno, Caíco e Roger; Enílton (Josiel) e Marcelinho. Técnico: Sebastião Lazaroni