A dupla Atletiba foi julgada na noite desta quarta-feira (14) pelas confusões envolvendo os seus torcedores no clássico, que terminou com vitória do Atlético sobre o Coritiba por 1 a 0, no Couto Pereira, em partida válida pela Taça Dionísio Filho.

O Atlético acabou perdendo dois mandos de campo e ainda recebeu uma multa de R$ 17 mil. A tendência é que o Furacão entre com um efeito suspensivo nesta quinta-feira. O clube foi denunciado por quatro bombas arremessadas por torcedores contra a torcida coxa-branca, além da utilização de sinalizadores. Por ter a melhor campanha do primeiro turno até agora, o Furacão teria o direito de disputar a semifinal e até a final do primeiro turno, caso avance, na Baixada. Com a punição, o Furacão não deverá jogar em casa.

Confira a tabela da Taça Dionísio Filho!

O Coxa foi absolvido pela maioria dos votos. Por ser o mandante, o Verdão foi julgado por todas as confusões ocorridas no estádio e também por uma bomba caseira lançada por torcedores contra a torcida atleticana, além de uma bola de papel lançada contra o árbitro assistente Wesley Waldir Marmitt.

Também pelo lado do Coritiba, o auxiliar-técnico Tcheco acabou sendo absolvido por unanimidade, após ser expulso pela arbitragem.