O Atlético está próximo de emplacar uma das maiores negociações do futebol paranaense. Dois grupos de investidores apresentaram propostas pelo atacante Marcelo, um dos principais destaques do Furacão nas duas últimas temporadas, e o negócio pode ser sacramentado durante a intertemporada da Copa do Mundo. Os valores colocados na mesa atleticana giram em torno dos 10 milhões de euros, o que corresponde a cerca de 30 milhões de reais.

O interesse pelo futebol de Marcelo é antigo. Depois de começar muito bem a temporada de 2012, o jogador enfrentou lesões que o afastaram do time durante um bom tempo. Ainda naquele ano voltou às atividades e desde então, especialmente em 2013, foi o melhor atacante da equipe. Velocidade, agilidade e versatilidade. Foram essas as características que atraíram os investidores que pretendem levá-lo para a Europa. Alguns desses investidores são responsáveis pela carreira do português Cristiano Ronaldo e, no momento, têm a preferência da diretoria atleticana.

O outro grupo quer colocar o atacante no Corinthians. A transferência para o mercado interno não é comum em se tratando de Atlético, especialmente do jeito de negociar do presidente Mário Celso Petraglia. Contudo, a recente transferência de Manoel para o Cruzeiro quebrou esse paradigma. A intenção do grupo que quer Marcelo no Corinthians é coloca-lo na vitrine, para em seguida negociar o atacante para o exterior, duplicando o investimento inicial.

Hoje o Atlético deve oficialmente R$ 168 milhões originados pela reforma e ampliação da Arena da Baixada para a Copa do Mundo. Embora tenha um detalhado planejamento (já esmiuçado com exclusividade pela equipe Tribuna 98), para tornar o estádio rentável o suficiente para em relativamente pouco tempo, tanto o dinheiro de Manoel, quanto o da possível venda de Marcelo, vão oxigenar as contas rubro-negras. A negociação deve se resolver ainda essa semana, antes do retorno do time aos trabalhos após folga de dez dias.

O substituto

Pode vir de Portugal o substituto de Marcelo (caso a negociação se concretize). O atacante Kelvin, de 21 anos, revelado pelo Paraná Clube e atacante do Porto, está na lista de reforços do Furacão. O clube já havia manifestado interesse recente no jogador e como o técnico Paulo Fonseca não mostrou muita vontade em contar com Kelvin para a sequência da temporada, um empréstimo pode ser a saída escolhida pela diretoria do clube.

O empresário de Kelvin, Fabiano Souza, afirmou que o jogador está em férias no Brasil e tem tentado se desligar dos assuntos relacionados ao Porto. O pai do jogador, Valdecir Oliveira, despistou. “Não tenho nada a declarar sobre o assunto”, limitou-se a dizer, ao invés de negar a negociação. Oliveira disse que Kelvin está em Curitiba aproveitando as férias com a família e que ele está feliz em Portugal. Jornalistas de Portugal já estão se inteirando sobre o Atlético.

Copa Foz

O Atlético encara o Coritiba logo mais pela final da Copa Foz do Iguaçu Troféu 100 anos. A classificação foi obtida com uma vitória sobre o 3 de Febrero, do Paraguai, pelo placar de 4×0 (gols de Bruno Pelissari, Renato, Hismael e Maycon) no final de semana. O torneio amistoso tem sido utilizado pelas duas equipes da capital para manter seus times B em atividade.

O Furacão é comandado pelo ex-jogador Marcão e deve ir a campo sem muitas modificações em relação ao time da primeira rodada. Renan Rocha; Renato, Hismael, Erwin e Anderson Tasca; Milton, Jonathan Lucca, Bruno Pelissari e Maycon (Leo Mineiro); Willian Sotto e Tiago Adan.