O técnico Vagner Mancini está próximo de receber mais um reforço para a sequência das disputas do Campeonato Brasileiro e da Copa do Brasil. O meio-campo Marco Antônio, 28 anos, do Grêmio, está muito próximo de acertar sua vinda para o Rubro-Negro. Segundo a diretoria do time gaúcho, faltam poucos detalhes para a negociação ser concretizada e o jogador deverá chegar ao Furacão por empréstimo até o final do Brasileirão, com opção do compra no valor de R$ 2,5 milhões pelos direitos do atleta.

O empresário do meio-campo, Álvaro Cerdeira, confirmou que faltam poucos detalhes para bater o martelo. “O Atlético tem o interesse no jogador e as conversas evoluíram nos últimos dias. Os clubes estão conversando e tentando chegar a um acordo e o acerto tem tudo para sair. Sou próximo da diretoria do Atlético e os dois clubes também têm um bom relacionamento. Não deverá ter problema e a negociação deve acontecer”, apontou o empresário.

De acordo com Cerdeira, apesar de Marco Antônio estar sem espaço no Grêmio, o jogador está pronto para chegar ao Atlético e vestir a camisa titular. O empresário confirmou que o armador está totalmente recuperado de uma lesão. “O Marco Antônio ficou lesionado por um tempo, mas já está liberado e pronto para jogar”, explicou.

Marco Antônio foi revelado nas categorias de base do São Paulo, mas se destacou na temporada de 2011, quando comandou a Portuguesa no título da Série B. Além da Lusa, ele teve passagens também por Juventude, Santo André, Náutico, Sport, Vitória, América-SP e Criciúma.

Além de Marco Antônio, a diretoria do Atlético trabalha intensamente nos bastidores a fim de viabilizar a contratação de outros dois jogadores. Um deles já está no CT do Caju realizando exames médicos. Trata-se do lateral-esquerdo Willian Rocha, 24 anos, que era pretendido também pelo Náutico e até chegou a ser anunciado pelo time pernambucano. O Furacão ainda procura por um atacante, já que as negociação com Anselmo Ramón, do Cruzeiro, esfriaram. Porém, a diretoria ainda não desistiu de contar com o jogador e o entrave na negociação estaria no valor do salário do atacante cruzeirense.