Além de assumir a liderança isolada do grupo, o Atlético tentará quebrar um recorde contra o Vélez Sarsfield, nesta quarta-feira (26), na Vila Capanema. Sem levar gol há dois jogos, o Furacão pode ultrapassar os 264 minutos sem ir buscar a bola no fundo da rede pela competição internacional.

O fato ocorreu em 2000, quando Flávio era o dono da camisa 1 rubro-negra. Atual comandante da meta atleticana, Wéverton destaca o trabalho feito na disputa da Libertadores. “Todos aqui no clube trabalham e conversam muito. Sempre comentamos onde achamos que é importante melhorar. E isso tem feito muito a diferença”, disse o goleiro, em entrevista ao site oficial do clube.

Para a partida decisiva desta quarta-feira, o técnico Miguel Ángel deverá manter o setor defensivo com Wéverton; Sueliton, Manoel, Cleberson e Natanael. A principal mudança deve acontecer no ataque, com a entrada de Marcelo, já liberado pelo Departamento Médico.