Enquanto o mercado da bola está meio estagnado para o Atlético, a grande novidade é o reinício das obras para a conclusão da face sul da Arena, a reta do setor Brasílio Itiberê. Nesta semana foi estocado parte do material a ser utilizado para a construção desta 1.ª fase – cujo término está previsto para junho de 2009.

Ontem já puderam ser vistos funcionários da Construtora Arce (empresa responsável) no local. Até o momento foram realizados basicamente os trabalhos de fundação na área. Com o 1.º anel finalizado, a Arena da Baixada terá o seu perímetro completo e capacidade estimada para 28 mil espectadores.

A conclusão do estádio e como será realizada estão vinculadas à possibilidade de a praça esportiva sediar jogos da Copa do Mundo de 2014, decisão que será anunciada pela Fifa somente em março do próximo ano.

Hoje os envolvidos no projeto deverão se reunir com o vice-presidente do Conselho Administrativo Ênio Fornéa Júnior – pessoa incumbida pelo clube para acompanhar o processo de construção.

Nesse encontro será discutido um cronograma de obras e outras atribuições que deverão ser divulgadas à imprensa, conforme repassado ao Paraná-Online pela assessoria do Rubro-Negro.

Caldeirão

A grande novidade no setor sul será a proximidade do público com o gramado, pois o fosso divisório não existirá mais. Assim, a distância entre cadeiras e campo de jogo reduzirá de 8m para aproximadamente 4,5m.

A única separação entre torcedor e protagonistas do espetáculo será um “muro” de vidro com 1,68m de altura, nos mesmos moldes que existem atualmente nas laterais da saída dos vestiários.

Na reta da Brasilío Itiberê, e somente nela (por enquanto), o espaço que seria destinado ao fosso dará lugar a três fileiras de arquibancada; o que representa maior pressão da torcida rubro-negra. O Caldeirão vai ferver em jogos decisivos.

Os postes de iluminação, que atualmente atrapalham a visão do público visitante, também serão retirados e deverão ser acoplados nas torres 1 e 6 da Arena. Aliás, a torcida visitante não ocupará mais os assentos na Brasílio Itiberê e será transferidas para a Madre Maria Inferior.

O novo setor – formado por 17 fileiras de cadeiras – será preparado para receber o 2.º anel e também os novos vestiários e bancos de suplentes. No entanto, essas modificações deverão acontecer somente na fase final de construção da Arena.

Gramado

Nesta semana também foi finalizado o trabalho de substituição de parte do gramado do estádio. Logo após o término do Brasileiro funcionários retiraram a faixa lateral em frente à reta do setor Getúlio Vargas e também das áreas dos gols onde a grama foi mais castigada.

Nesses locais foram replantadas mudas de grama especificada como Bermuda Tifway 419. Ainda haverá um trabalho de correção nas imperfeições do gramado. Tudo para que a bola role redonda em 2009.