Sentir novamente o gostinho de vencer na Arena e melhorar o rendimento dentro de casa, que atualmente é baixíssimo para o padrão atleticano: 33,3%. Esse é o objetivo do Furacão no jogo de hoje (às 20h30) diante do penúltimo colocado Náutico. O time pernambucano está em crise e tenta, nessa partida, juntar os cacos e buscar um rumo na competição nacional.

Em casa, o Atlético também quer reencontrar o caminho dos bons resultados, já que hoje completa 45 dias da última vitória no Caldeirão – 2 a 1 contra o Internacional. De lá pra cá foram três jogos -duas derrotas (Santos e Goiás) e um empate (Fluminense). Com exceção do primeiro tempo diante do Tricolor carioca, em nenhuma das apresentações anteriores o Rubro-Negro conseguiu desenvolver um bom futebol. Balançar as redes do adversário, então, foram raríssimas vezes. Dos 14 gols anotados no Brasileirão, a torcida atleticana comemorou em apenas três oportunidades – contra o Inter (2 vezes) e Fluminense.

O sentimento de dívida perante os torcedores, devido às fracas atuações em casa, é unânime entre os jogadores e todos sabem da importância em voltar a vencer na Arena e reconquistar o apoio da torcida rubro-negra.

?É importante conseguir as vitórias dentro de casa. Se conseguirmos uma regularidade de pontos em casa, podemos nos manter bem no campeonato. Vamos lutar para fazer uma grande partida?, afirmou o lateral Nei. ?Esperamos voltar a ser aquele Atlético Paranaense forte dentro de casa, que os adversário temem jogar?, complementou Cristian.

O comandante Lopes também solicitou a presença maciça de torcedores para empurrar o Furacão à conquista dos três pontos.

Time

O invicto técnico Antônio Lopes não poderá contar com dois jogadores suspensos para a partida de logo mais. Jancarlos recebeu o terceiro cartão amarelo e Danilo foi expulso contra o Paraná. Como de praxe, o treinador não anuncia a escalação antecipadamente, porém devido ao pouco tempo de treinamento, os substitutos deverão ser Nei, na lateral-direita, e João Leonardo completando a zaga, ao lado de Gustavo.

Nas demais posições não acontecerão modificações, apesar do fraco desempenho do lateral-esquerdo Michel e do volante Cristian. Sobre o rendimento da equipe, o treinador afirmou que o Atlético tem melhorado a cada partida, mas ainda não adquiriu maturidade suficiente para fazer bons jogos com constância. ?No momento, ainda não tem condições de colher bons resultados. O time pode e tem que evoluir ainda mais para as coisas melhorarem?, afirmou o Delegado.

Ontem, Lopes comandou um treinamento técnico/tático por quase uma hora, no qual deu ênfase, mais uma vez, ao posicionamento defensivo da equipe, pois na última partida o Atlético deu muito espaço para o Tricolor jogar e dominar o meio-campo. No final do treino, os atletas foram orientados em jogadas ensaiadas e realizaram trabalho de finalização e cobranças de faltas.

9ª rodada do Campeonato Brasileiro (Série A)

Atlético-PR x Náutico

Atlético:

Guilherme, Nei, João Leonardo, Gustavo e Michel; Alan Bahia, André Rocha (Erandir), Cristian e Edno; Alex Mineiro e Denis Marques.

Técnico: Antônio Lopes.

Náutico:

Fabiano, Sidny, Alysson, Toninho (Ricardinho) e Hamilton; Daniel Paulista, Elicarlos, Daniel Sobralense, André Luis; Kuki e Felipe (Marcelinho).

Técnico interino: Zé do Carmo.

SÚMULA

Local: Estádio Joaquim Américo, Arena da Baixada, Curitiba

Hora: 20h30

Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ)

Auxiliares: Dibert Pedrosa Moisés (RJ) e Wagner de Almeida Santos (RJ)