Foto: Ciciro Back
Willian ganha nova função e jogará mais à frente: titular Marcelo
Ramos é o espelho.

Vencer o Iraty para assegurar o primeiro lugar do Grupo A. É com esse objetivo que o Atlético entra em campo, às 15h50, na Arena da Baixada. Para a partida decisiva contra o eliminado Iraty, Ney Franco perdeu algumas peças importantes como Antônio Carlos, capitão da equipe, Valencia e Marcelo Ramos -todos forçaram o cartão amarelo diante do Engenheiro Beltrão para entrarem limpos nas semifinais.

Para suprir as ausências, o treinador inovou nas peças de reposição e o time ganhou a característica de ser mais leve e rápido, mas sem um jogador de referência na frente.

Contra o Azulão, a responsabilidade de marcar gols recai sobre a nova dupla de atacantes: Willian e Netinho. O primeiro jogará bem mais avançado e terá que desempenhar função diferente daquela que fazia na equipe. Mas isso não desanima o jovem de Três Fronteiras (SP) que vê no jogo de hoje mais uma oportunidade. ?Não estou acostumado a essa função, mas tenho observado bem o Marcelo Ramos (titular da posição). Vou ter que ficar fazendo o papel de pivô. Farei uma boa movimentação lá na frente e se a bola não chegar, vou buscar o jogo?, analisou.

Vitória

Para o atacante, o segredo para conquistar os três pontos está na constante movimentação. ?Com essa formação ficou um time rápido. O Pimba também tem essa característica. Então vamos tentar bagunçar a zaga do Iraty na base do deslocamento? afirmou.

Uma vitória com boa diferença de gols deve assegurar ao Furacão o primeiro lugar do grupo A, desde que o Paraná não vença o Engenheiro Beltrão por placar superior no mesmo horário, na Vila Capanema. Por isso, Ney Franco afirmou que apenas o confronto do Atlético é relevante hoje. ?Para nós não interessa o que vai acontecer nos outros jogos. Traçamos um objetivo para essa segunda fase que é classificar e, de preferência, em primeiro lugar. E é atrás disso que nós vamos?, finalizou o treinador.

Por outro lado, o Atlético ainda corre risco remoto de ser desclassificado. Isso só acontecerá se perder por dois ou mais gols do Iraty e o Paraná também for derrotado, mas por menor diferença de gols.

A liderança da chave aliada à melhor campanha na 1.ª fase do Paranaense dão ao Rubro-Negro todas as vantagens disponíveis no regulamento para as partidas da semifinal: jogar por resultados iguais e decidir em casa (Arena) com o apoio do torcedor. Vantagens que representam um grande passo à final do Estadual, mas que precisam ser conquistadas hoje, diante do Azulão.

Novato quer recuperar vaga

Titular após a saída do colombiano Ferreira para o futebol dos Emirados Árabes, ainda na 1.ª fase do Estadual, Willian fez algumas boas apresentações mas caiu de rendimento com o restante do grupo. Perdeu a posição e quer agarrar a chance de hoje (entrar como titular) para mostra ao técnico Ney Franco que tem condições de reassumir o posto perdido. ?Tenho trabalhado bastante. A minha saída foi opção do treinador. Mas é erguer a cabeça e batalhar, pois ninguém é titular absoluto e vou buscar o meu espaço?, avisou o garoto.

Willian estreou como titular na vitória diante do Adap Galo, na Arena, em 2 de fevereiro, e perdeu a posição contra o Azulão, em Iraty, válido pela atual fase. Em dez partidas no estadual, o atacante conquistou sete vitórias, um empate e duas derrotas. Marcou três gols. (CB)

Azulão já desmanchou time

Pelo lado do Iraty, a equipe tem apenas a chance de conquistar uma vaga na Série C do Brasileiro. Para isso, terá que vencer o Furacão e ainda torcer para que o Paraná vença o Engenheiro Beltrão por um placar elástico, já que garantiria a vaga no saldo de gols. Isso no caso de a FPF usar como critério a classificação na segunda fase. Se for levada em conta a pontuação geral, o Azulão teria a vaga assegurada com a eliminação do Engenheiro.

Na armação da equipe, Antônio Lopes Júnior não deverá contar com Rodriguinho, Paulo Miranda, Ayrton, Ceará e Everton, todos em negociação com outros clubes. (Redação)

Campeonato Paranaense

3.ª rodada – 2.ª fase

Atlético x Iraty

Local: Estádio Joaquim Américo, Arena da Baixada, em Curitiba

Hora: 15h50

Atlético: Vinícius; Rhodolfo, Alex Fraga, Danilo; Nei, Alan Bahia, Pimba, Zé Antônio e Léo Medeiros; Netinho e Willian.

Técnico: Ney Franco.

Iraty: confirmar

Árbitro: Ito Dari Rannov

Auxiliares: Carlos Braatz e Sidnei Pedro da Silva