SELO_PARANAENSE_2018_WEBAssim como vem fazendo na maioria dos últimos anos, o Atlético colocará em campo no Campeonato Paranaense um time alternativo. Foi assim em 2013, 2014 e partes de 2015 e 2017. Porém, não quer dizer que o Furacão deixará totalmente de lado a competição, que venceu pela última vez em 2016, justamente quando jogou do início ao fim com o time principal.

Embora tenha anunciado no final do ano passado que jogaria com um time sub-23, na prática não será bem assim. A garotada será a maioria dos 30 inscritos para o Paranaense, mas contará com alguns ‘medalhões’ no grupo. O técnico Tiago Nunes terá à disposição nomes como os goleiros Santos e Léo, o meia Matheus Rossetto e o atacante Ribamar, que, apesar de novos, também treinam com o time principal. Junto com eles estão o zagueiro Emerson e Pierre, de 34 e 35 anos, respectivamente, que foram contratados para, em um primeiro momento, para reforçarem a equipe alternativa, mas também querendo mostrar serviço para ganhar uma chance com Fernando Diniz.

“Hoje está com nome de aspirantes porque conseguimos que esses meninos tenham mercado e calendário para o segundo semestre. Temos um calendário praticamente o ano todo para esses mesmos atletas que não tinham mais o que fazer após o Estadual”, afirmou o presidente do Conselho Deliberativo do Atlético, Mario Celso Petraglia.

Ou seja, o Rubro-Negro entrará no Estadual com o objetivo de dar ritmo de jogo e experiência para os mais novos, visando possíveis revelações que possam ser utilizados no time principal e, futuramente, render um retorno financeiro ao clube. Ao mesmo tempo, não está desmerecendo o torneio como em outros anos. No entanto, a conquista do Paranaense, pelo menos no discurso, não é fundamental para o Atlético.

“Vamos priorizar a Copa do Brasil, a Copa Sul-Americana e também o Brasileirão. Teremos dois grupos que disputarão essas competições paralelamente”, completou o dirigente.

Porém, quem estará em campo não pensa dessa forma. O volante Bruno Guimarães, que estava no elenco principal em 2017, reforçou a ansiedade de estrear e elogiou a preparação para o Estadual.

“Todos estão motivados e esperando o início dos jogos. Faltando poucos dias para a competição, focamos ainda mais nos nossos objetivos. A preparação está sendo muito boa. A equipe se comportou bem nos jogos-treino, sem nenhuma derrota. A expectativa é a melhor possível, temos tudo para fazer um excelente Campeonato Paranaense”, disse ele, em entrevista ao site oficial do clube.

O Furacão ainda não divulgou os 30 inscritos no Estadual, mas entre novatos e experientes, a promessa é de se entregar na competição e mostrar que a equipe tem potencial.