O Atlético se reapresentou na última segunda-feira e teve uma semana agitada, logo no início de trabalho, após a pausa para a Copa do Mundo. Logo no início, o elenco rubro-negro foi informado da demissão do técnico Fernando Diniz, da promoção do treinador Tiago Nunes e da retirada do presidente do Conselho Deliberativo, Mario Celso Petraglia, do departamento de futebol.

Dentro de campo, o Furacão também contou com novidades. Os atacantes Ribamar e Éderson deram adeus ao grupo atleticano. O primeiro foi vendido ao futebol egípcio. Já o segundo não teve o seu contrato renovado pela diretoria do Furacão e também se despediu.

Por outro lado, o técnico interino, Tiago Nunes, contou com boas opções para a sequência da temporada. Os atacantes Marcelo Cirino e Crysan já treinam com o elenco principal e a tendência é que reforços desembarquem no CT do Caju nos próximos dias.

Um deles é o meio-campista Bruno Nazário, que tem disputado a Série B do Campeonato Brasileiro pelo Guarani. O atleta foi emprestado ao Bugre pelo Hoffenhein, da Alemanha, e não teve o seu contrato prorrogado.

Preparação

De acordo com o atacante Pablo, a parada para o Mundial da Rússia vai ajudar o Furacão a se recuperar nas competições que ainda disputa. “Será um tempo bom, com uma carga de treinos alta. Isso fará com que a equipe melhore. Nossa situação não é fácil, mas é reversível, então precisamos estar focados”, disse o jogador.

Confira a tabela e a classificação do Brasileirão!

Já o zagueiro Thiago Heleno garantiu que o elenco está focado na intertemporada. “Temos que nos preparar coletivamente. Individualmente, cada um tem que fazer a sua parte da melhor maneira.Temos que estar juntos, nos fechar ao máximo e com muita concentração. Essa sequência vai ser forte e temos que trabalhar bem”, finalizou o capitão.