Uma das cenas mais marcantes no final de semana aconteceu na Arena da Baixada. No intervalo da vitória do Atlético por 1×0 sobre a Chapecoense, no domingo, Vinicius Maia, de 27 anos, pediu em casamento a namorada, Jhenifer Gauze, 21, e, diante de cerca de 17 mil pessoas, se tornaram protagonistas da partida. Algo que ficará na memória dos dois.

A história começou há uma semana, quando o agora noivo comprou as alianças. Ele já tinha feito sondagens com a futura esposa, pedindo para ela “ficar esperta” pois qualquer dia o pedido poderia ocorrer e não tinha dúvida que ela diria “sim”. Faltava só organizar o momento e, através de um amigo, chegou ao marketing do Atlético.

“Eu fui pedir ao clube esperando um não, mas eles foram muito atenciosos comigo. Durante três dias combinamos tudo por e-mail e eles gostaram da ideia. Fizeram muitas perguntas para saber se tinha algum risco de ela dizer não”, conta o noivo.

Tudo isso mesmo sem o casal ser sócio do clube. Técnico em radiologia, Maia é natural de Guarapuava, onde quase virou torcedor do Palmeiras, mas desde os oito anos mora em Curitiba e por influência de um tio é atleticano. Já Jhenifer, natural de Pato Branco, formada também em radiologia, mora há oito anos na capital.
Com tudo certo com o Atlético, Maia se preparou para gastar mais no ingresso. Porém, na hora de entrar no estádio, mais uma surpresa. “O Atlético deu os dois ingressos, disseram que era cortesia pela ideia. Dentro do estádio fizeram tudo que tinham combinado e mais, com música, locução. Foi perfeito, não podia ser melhor”, lembra.

Quanto à cerimônia, ambos querem tempo para pensar. Nada irá acontecer em menos de um ano e no máximo em três. Na Arena novamente? “Por que não?”, questiona a noiva.