O Atlético tem uma arma a mais na final da Taça Caio Júnior contra o Londrina, nesta quarta-feira (28), às 20h, na Arena da Baixada. Trata-se do atacante Ederson, artilheiro isolado do Campeonato Paranaense com oito gols assinalados. Depois de reencontrar o caminho das redes, ele espera manter a boa fase na disputa decisiva.

Na goleada contra o Maringá por 5×0, ele marcou dois, e destacou a colaboração do time pelo bom desempenho em campo. “Isso é fruto do trabalho que venho fazendo. Tenho muito que agradecer a equipe pelos passes e pela vontade demonstrada dentro de campo. Espero terminar o campeonato como artilheiro, mas principalmente como campeão, que é o nosso objetivo maior”, disse.

Empenho

Para chegar ao bom aproveitamento, o jogador garantiu que treina duro e tenta se empenhar ao máximo para aprimorar o seu desempenho. “É tudo fruto de muito trabalho. Sempre procuro treinar finalizações. Em casa, eu tenho uma torcida muito grande. Minha filha que sempre pede para eu fazer gols”. Contra o Maringá, ele fez questão de apontar para a arquibancada, onde estava a menina, no momento das comemorações.

De olho no título da Taça Caio Júnior, que pode colocar o Furacão na final do Campeonato Paranaense contra o Coritiba, ele reforça a importância da conquista. “É muito importante esse título, não só para mim, mas para todos nós”, ressaltou.

No entanto, apesar de deixar claro o desejo de ficar com a faixa de campeão, ele reforça que diante do Londrina, todo o cuidado será pouco. “É uma equipe que vem crescendo no campeonato. Um adversário muito difícil, como vimos na partida anterior contra eles. Mas vamos em busca da vitória, porque queremos muito chegar na final e conquistar esse campeonato”, finalizou.