O Atlético confirmou, na tarde desta quinta-feira (26), a contratação do volante Wellington. O jogador, de 27 anos, assinou contrato de um ano com o Furacão e agora aguarda apenas a regularização do seu nome no Boletim Informativo Diário (BID), da CBF, para ficar à disposição do técnico Tiago Nunes.

“Estou muito feliz e muito grato por essa oportunidade. É um clube muito grande que coloco no meu currículo. Espero fazer o meu melhor, dar alegrias ao torcedor e colocar o Atlético em lugares altos”, disse ele, em entrevista ao site oficial do Rubro-Negro.

Wellington pertencia ao São Paulo e estava emprestado ao Vasco na última temporada. Entre 2017 e 2018 ele atuou em 50 partidas pelo time carioca, mas acabou perdendo espaço, principalmente depois de se envolver em uma polêmica ao postar uma foto nas redes sociais.

Antes disso, ele já havia defendido também o Internacional e as categorias de base da seleção brasileira. Sempre atuando como primeiro volante, o atleta chega para suprir um setor carente do elenco, após a saída de Pavez.

“Sou um primeiro volante de origem, que tem boa marcação e boa saída de bola. Já fiz outras funções, mas acredito que posso ajudar muito como volante e a torcida pode ficar tranquila porque terá um cara correndo o jogo todo”, ressaltou ele, que estreou como profissional justamente contra o Atlético.

Confira a classificação completa do Brasileirão

“Minha estreia, com 17 anos, foi contra o Atlético, na Arena. Foi um jogo muito difícil e senti na pele essa força. Eu me dedico muito. Treino como se fosse um jogo, para que as coisas possam fluir naturalmente. O clube também tem um profissionalismo grande, com ótimos jogadores. Tem tudo para dar certo”, lembrou.