O Atlético anunciou, na última quarta-feira (16), que o acesso por biometria à Arena da Baixada terá início na próxima partida da equipe como mandante no Campeonato Brasileiro, que será justamente no clássico contra o Coritiba, que acontece no dia 10 de setembro, um domingo, às 11h.

Com isso, os sócios do Furacão não poderão repassar mais smart cards para outras pessoas, uma vez que o torcedor só poderá entrar no estádio após a verificação da impressão digital. Desta forma, quem tiver mais de uma cadeira na Arena, terá que incluir e cadastrar um beneficiário, que só poderá ser substituído após uma carência de um período de seis meses.

Aqueles que ainda não fizeram o cadastro poderão realizar o procedimento de terça-feira a sábado, das 9h às 19h no Espaço Sócio Furacão. No entanto, a postura do clube gerou críticas e revolta dos torcedores. Alguns, inclusive, afirmaram até terem cancelado o plano de sócios.

Confira a tabela completa do Brasileirão!

O maior questionamento é justamente pelo fato de o sócio não poder levar quem quiser nos jogos, sem a necessidade de fazer um cadastro. Alguns outros atleticanos defenderam a atitude da diretoria, por conta da segurança no estádio.