Não foi o resultado que o Atlético esperava. O empate em 1×1 diante do Toledo, nesta quarta-feira (21), no estádio 14 de Dezembro, no fechamento da Taça Caio Júnior do Campeonato Paranaense, garantiu a primeira colocação do Grupo B, mas fez o Furacão perder a primeira colocação geral do segundo turno do Estadual. Por isso, em uma eventual decisão contra o Paraná Clube, o time atleticano terá que jogar na Vila Capanema. Nada, no entanto, que apague a boa fase do Rubro-Negro, que manteve a invencibilidade na temporada.

“O time veio aqui com vários jogadores que atuaram pouco na competição até agora. Foi um jogo difícil e diante de uma equipe qualificada. Viemos com o intuito de conseguir a vitória, mas está valendo voltar com esse ponto para casa”, apontou o volante Pierre, que reapareceu no time depois de um longo período na reserva.

Um dos destaques do Atlético no jogo com boas defesas, o goleiro Caio enalteceu a manutenção da invencibilidade na temporada e destacou a boa campanha no segundo turno do Campeonato Paranaense. O arqueiro espera, desta vez, que o Furacão consiga, diante do Maringá, fazer o dever de casa e chegar à decisão da Taça Caio Júnior.

LEIA TAMBÉM: ‘Blogueiro do Furacão’ ainda gera polêmica no clube

“Viemos para vencer. Foi um jogo difícil e conseguimos fazer um gol no final, mantivemos a invencibilidade, que é o mais importante. Fizemos um grande segundo turno, como o primeiro, não perdemos. Tenho certeza que, dentro de casa, na semifinal, vai ser muito importante para a gente”, reforçou o goleiro.

O atacante Éderson, que entrou na metade do segundo tempo e sofreu a penalidade que originou o gol de empate anotado já na reta final da partida, espera que o Furacão não repita os erros cometidos no primeiro turno.

“Fizemos de novo uma campanha muito boa. Agora é não repetir os erros do primeiro turno e conquistar a classificação para a final”, concluiu o goleador atleticano, que chegou aos seis gols anotados no Campeonato Paranaense.

O Atlético, na Taça Dionísio Filho, mesmo com a melhor campanha geral, acabou sendo eliminado na disputa de penalidades pelo Rio Branco, em plena Arena da Baixada. O Furacão, agora, decidirá a vaga na final da Taça Caio Júnior novamente dentro de casa. O duelo acontecerá no domingo (25), às 20h.