A vitória por 3×1 sobre o Fluminense fez o Atlético se aproximar um pouco mais do objetivo no Campeonato Brasileiro, que é de brigar pelo G6 e voltar à Libertadores. E o retrospecto mostra que o Furacão pode, em breve, se firmar no grupo que disputará a competição continental do ano que vem.

Em oitavo lugar com 34 pontos, o Rubro-Negro está somente três atrás do Cruzeiro, que fecha o G6. Só que nas últimas partidas o time atleticano tem um aproveitamento melhor que todos os outros concorrentes. Aliás, melhor que qualquer adversário. Se considerar as últimas dez rodadas, o Atlético é o melhor time do Brasileirão.

Neste período, foram cinco vitórias, três empates e só duas derrotas, totalizando 18 pontos, assim como o Palmeiras, mas levando vantagem no saldo de gols (8 a 5), à frente até do líder Corinthians, que soma 17, e dos outros times do G6, como Cruzeiro (16), Botafogo (15) e Flamengo (14).

Uma vantagem que podia ser até maior caso o Furacão não tivesse amargado três rodadas seguidas sem vencer no início do segundo turno. Ainda assim é o sexto melhor da segunda metade da competição, com oito pontos em cinco jogos, mas atrás de Flamengo (9), Cruzeiro (10) e Botafogo (12), o líder deste returno.

De qualquer maneira, a evolução do Rubro-Negra é nítida, principalmente com a chegada do técnico Fabiano Soares. Embora o treinador tenha sido anunciado e ficado nos camarotes na derrota por 2×0 para o Cruzeiro e no empate em 2×2 com o Corinthians, ele já havia realizado treinos no CT do Caju. No total, foram 19 pontos em 12 jogos – sem contar Copa do Brasil e Libertadores -. Antes dele estrear no banco, o time atleticano tinha 15 pontos nas mesmas 12 partidas.

Na ocasião, o clube estava em 14º, a dois pontos do G6, diferença menor que agora, mas estava somene três acima da zona de rebaixamento, diferença que agora é de sete. Sem contar que o Atlético está na boca da zona de classificação para a Libertadores, podendo, até ter a vida facilitada graças a outras competições e a outros adversários.

Confira a tabela completa do Brasileirão!

Atualmente, os dois finalistas da Copa do Brasil – Cruzeiro e Flamengo -, estão entre os seis primeiros colocados. Ou seja, neste momento, o G6 viraria G7. Além disso, os três brasileiros que estão na Libertadores – Grêmio, Santos e Botafogo – também aparecem entre os sete primeiros. Sem contar Corinthians e Flamengo, que ainda disputam o título da Sul-Americana, podendo chegar a um G9, aumentando o número de equipes que chegariam ao torneio continental.

De acordo com o site Infobola, o Furacão tem, no momento, 27% de chances de ir para a Libertadores, sendo, assim como na tabela, o oitavo melhor nesta briga. Mas, se depender do recente, a torcida pode terminar 2017 comemorando mais uma classificação.