O Atlético pode confirmar hoje, na Argentina, sua vaga para a segunda fase da Copa Conmebol Sul-Americana. O confronto contra o Newell’s Old Boys acontece às 19h15, no estádio Marcelo Bielsa, em Rosário. Na partida de ida, que aconteceu no dia 12 de abril, na Arena da Baixada, o Furacão venceu por 3×0, por isso, pode perder por até dois gols de diferença no duelo desta noite.
Ainda que esteja na vantagem, o Atlético sabe que precisará entrar no jogo atento, já que os argentinos vão contar com a pressão da arquibancada a seu favor, como explicou o zagueiro Thiago Heleno.

“Os times argentinos se impõem quando jogam em casa. Já temos essa experiência de ter jogado lá, então temos que estar concentrados”, disse o camisa 8, lembrando de quando o Furacão jogou no ano passado contra o San Lorenzo pela Libertadores, na terra do Papa. A partida terminou em 1×0 com gol de Lucho González.

“Será um jogo duro e, se não entrarmos ligados, podemos ser surpreendidos”, destacou o defensor.

O Atlético vem de sua primeira derrota na temporada. No último domingo, perdeu por 3×1 para o Palmeiras, no Campeonato Brasileiro. O técnico Fernando Diniz destacou que o revés não tirou a determinação do time em fazer o seu melhor.

“Perder é sempre muito ruim, mas tem que perder só o jogo. A gente não perdeu a coragem de jogar, o empenho. Os jogadores são maduros e a gente tem que saber crescer com isso. Às vezes uma derrota traz mais crescimento que algumas vitórias ou empates que a gente teve pelo caminho”, comentou o treinador.

Para o confronto, Diniz poderá contar com o zagueiro Paulo André, que já se recuperou das dores nas costas e deve voltar à titularidade. Em contrapartida, quem continua de fora é o lateral-esquerdo Thiago Carleto, que cumpre suspensão por conta de uma expulsão quando ainda defendia o São Paulo, em 2013, na Libertadores.

Mesmo que o estilo de jogo típico do Rubro-Negro seja o de toques rápidos, curtos e intensos, Diniz não descarta mudar sua estratégia para garantir o resultado, caso seja necessário no jogo.

“A gente tem que saber jogar o jogo que é possível. A gente tem uma maneira de jogar, de sair tocando a bola, mas quando o jogo aperta, tem como fazer bola longa. O foco é naquilo que a gente tem como prioridade, mas nenhum momento é exclusividade do time ficar tocando a bola para correr riscos desnecessários”, explicou o comandante.

Além de ter perdido para o Furacão na partida de ida, o Newell’s não vive um bom momento no Campeonato Argentino. O time está em 22º na competição, em um total de 28 times participantes, com 27 pontos em 26 jogos.

A primeira fase da Sul-Americana premiou os times com cerca de R$ 820 mil e a equipe que avançar à segunda fase receberá mais R$ 990 mil.

Ficha técnica
COPA SUL-AMERICANA
1ª Fase – Jogo de volta
NEWELL’S OLD BOYS x ATLÉTICO

Newell’s Old Boys

Ibañez; Nadalin, Bianchi, Fontanini e Ferroni; Bernardello, Sills, Figueroa e Fertoli; Alexis Rodriguez e Leal.
Técnico: Omar De Felippe

Atlético

Santos; Esteban Pavez, Paulo André (Zé Ivaldo) e Thiago Heleno; Matheus Rossetto, Lucho González, Camacho e Renan Lodi; Nikão, Guilherme e Pablo.
Técnico: Fernando Diniz

Local: Estádio Marcelo Bielsa
Horário: 19h15
Árbitro: Carlos Orbe (EQU)
Auxiliares: Ricardo Baren (EQU) e Edwin Bravo (EQU)