Novamente em ascensão no Campeonato Brasileiro e mais perto do G4 da classificação da competição nacional, o Atlético poderá, nos dois próximos jogos, voltar definitivamente para a disputa das primeiras colocações na tabela do certame. Para isso, porém, o time comandado pelo técnico Milton Mendes terá mais uma vez uma sequência de duas partidas contra concorrentes diretos na briga pelo grupo dos quatro primeiros classificados. O primeiro desafio será diante do Palmeiras, domingo, em São Paulo e, depois, contra o Sport, na Arena da Baixada.

Na primeira vez que o Atlético enfrentou dois concorrentes diretos na briga pelo G4, na 12ª e 13ª rodadas, acabou perdendo para o Corinthians, em São Paulo, e para o Fluminense, na Arena da Baixada. Na ocasião, depois de perder dentro de casa para o time carioca, o Furacão permaneceu com 19 pontos e caiu para a oitava colocação na classificação do Brasileirão.

E foi justamente depois do revés sofrido para o tricolor carioca que o Atlético conseguiu retomar sua caminhada dentro do Brasileirão. Mesmo sem contar com Walter, principal jogador do Furacão na temporada, o time atleticano venceu a Chapecoense, na Arena da Baixada e, recentemente, bateu o Avaí, na Ressacada, voltando a ficar três pontos atrás do quarto colocado.

E não é a toa que os dois próximos jogos do Atlético estão sendo encarados de forma decisiva. Palmeiras e Sport dividem a terceira e a quarta colocação com 28 pontos, somente três atrás do Furacão. Manter o bom aproveitamento fora de casa, visto diante do Avaí, é a receita do técnico Milton Mendes para o Rubro-Negro continuar brigando pela parte de cima da classificação. “É importante vencer fora de casa para buscarmos nosso objetivo de estar na parte de cima da tabela. Nossa equipe joga bem taticamente, posiciona-se bem em campo. Temos que pensar em fazer isso também no próximo jogo”, comentou MM.

Pressão

Substituto do atacante Walter e com uma boa atuação diante do Avaí, o atacante Crysan quer ver o Atlético sem dar espaços para o Palmeiras, que vem em ascensão depois que o técnico Marcelo Oliveira assumiu a equipe. “Vamos colocar em prática o que o professor pedir. Não podemos dar espaço ao Palmeiras e precisamos aproveitar as chances que aparecerem”, resumiu. Para entrar no G4 nesta rodada e tentar confirmar sua condição no pelotão da frente da competição nacional depois, contra o Sport, o Atlético, além de vencer o Palmeiras, terá que secar outros times: Sport, Fluminense e Grêmio.

Matheus será titular na lateral

Depois de vencer os últimos dois compromissos contra Chapecoense, na Arena da Baixada, e Avaí, na Ressacada, em Florianópolis, o Atlético deverá ter apenas uma mudança para encarar o Palmeiras. O lateral-direito Eduardo, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, é o único desfalque que o técnico Milton Mendes terá com relação ao time que iniciou a última partida contra o Avaí.

O substituto de Eduardo poderia ser o português Bruno Pereirinha, que já fez a sua estreia com a camisa atleticana no duelo contra o Avaí, mas acabou se machucando no treinamento de ontem e está vetado pelo departamento médico. Matheus Ribeiro, assim, deve ser o titular. Outros dois estrangeiros ao Atlético estão à disposição do técnico Milton Mendes. O volante Fernando Barrientos e o armador Daniel Hernández tiveram suas situações regularizadas e deverão ser relacionados para a partida.

Manhãs de domingo! Augusto Mafuz fala tudo! Confira!