Eficaz e com uma dose extra de sorte, o Atlético venceu o São Paulo de virada por 2×1, no Morumbi, na noite de sábado(11) e emplacou a suasegundavitória seguida no Campeonato Brasileiro. O Furacão, apesar dos três pontos conquistados, apresentou muitas falhas, sobretudo no primeiro tempo, quando foi pressionado pelo tricolor paulista durante quase os 45 minutos e acabou derrotado na etapa inicial.

O técnico Paulo Autuori pontuou alguns erros cometidos pelo Atlético no primeiro tempo, sobretudo no posicionamento da equipe. Não a toa, o Furacão teve, nos primeiros 45 minutos, apenas 28% de posse de bola e conseguiu arrematar apenas uma bola ao gol do goleiro Dênis em uma cabeçada sem perigo do zagueiro Wanderson.

“Nós erramos principalmente no posicionamento do meio-campo, estávamos muito próximos da defesa e demos chance para eles se organizarem melhor. No segundo tempo corrigimos isso, a equipe se aproximou mais, antes estava muito distante. A minha maneira de ver o futebol é sempre a mesma. Eu falo que no futebol existe a eficiência e a eficácia. No último jogo eu falei que nós fomos eficientes e precisávamos ser mais eficazes e hoje fomos eficazes ao máximo. As finalizações aconteceram e os gols saíram”, explicou Autuori, que elogiou o desempenho do Furacão na etapa final.

“O segundo tempo para nós foi muito bom. É importante ter gente no banco que entre e mude, e foi o que aconteceu. É uma grande lição para nós decidirmos o que queremos ser. E para isso o preço a pagar vai ser alto. Ainda somos uma equipe que interpreta o jogo de uma maneira que não condiz com a grandiosidade do clube. O técnico fica feliz quando vê quem entra, entrar bem. É importante que os jogadores que entrem, entrem como reforço, como aconteceu hoje”, acrescentou.

O poder de fogo do Atlético diante do São Paulo foi tão baixo que os dois gols do Furacão que decretaram a virada e o resultado positivo no Morumbi foram marcados por dois volantes do time atleticano. O volante Otávio, autor do primeiro gol, comemorou o resultado positivo e a sequência de vitórias do Rubro-Negro na competição nacional.

“Sofremos muito no primeiro tempo. Estávamos só nos defendendo. No segundo tempo, pudemos voltar e fazer o que vínhamos fazendo nos últimos jogos. Saímos com um bom resultado fora de casa para dar sequência no Campeonato Brasileiro”, arrematou o camisa 7 rubro-negro.