Com uma atuação apática e sem nenhuma inspiração ofensiva, o Atlético perdeu por 2 a 0 para o Internacional, na tarde deste domingo (23), no Beira-Rio. O panorama da partida deixou às claras a intenção atleticana de priorizar a Copa Sul-Americana. Nomes como Walter e Marcos Guilherme, destaques rubro-negros, começaram o jogo no banco de reservas. O técnico Milton Mendes tentou justificar a não escalação dos atletas ao defender que não colocou em campo um time misto. O objetivo, segundo ele é apenas fazer a “gestão do plantel”.

No entanto, com a bola rolando, o Rubro-Negro não conseguiu demonstrar poder de fogo e foi presa fácil para o Colorado, que marcou um gol em cada tempo e podia ter ampliado em várias oportunidades. O goleiro Weverton, aos 7 do segundo tempo, defendeu um pênalti cobrado por D’Alessandro. Esta é a terceira defesa de penalidade consecutiva que o camisa 12 do Furacão defende no Brasileiro.

Com o resultado, o Atlético acumula quatro jogos sem vencer no Brasileirão – a última vitória foi fora de casa, contra o Palmeiras. Depois, o Rubro-Negro empatou duas partidas (contra Sport e Santos, ambas na Arena da Baixada) e perdeu duas (para Flamengo e Internacional, fora de casa).

Apesar do revés, o Furacão segue na 8ª posição, com 30 pontos, e agora se prepara para decidir a vaga na Sul-Americana contra o Joinville, na próxima quinta-feira (27), na Baixada – no jogo da ida, na Arena Joinville, o Atlético venceu por 2 a 0. Pelo Brasileirão, o time volta a campo no próximo domingo (30), contra o Goiás, também na Arena.

Confira quem foram os destaques da partida:

Craque

D’Alessandro

O argentino deu duas assistências para os dois gols do Colorado no jogo. A tarde só não foi perfeita porque perdeu um pênalti, no início do segundo tempo, defendido por Weverton.

Bonde

Bruno Pereirinha

Apagado tanto no ataque quanto na defesa, foi substituído no segundo tempo para a entrada de Walter, com Marcos guilherme atuando improvisado na lateral direita.

Guerreiro

Walter

Entrou no segundo tempo, na tentativa de dar uma nova vida ao ataque atleticano. Movimentou-se bem e criou as oportunidades, mas não conseguiu impedir a derrota.

Gols

1º tempo

1 x 0 (3 min): Após a cobrança rápida de falta de D’Alessandro para Valdívia, ele passou por Sidcley e bateu em cima do goleiro Weverton, que aceitou.

2º tempo

2 x 0 (25 min) – D’Alesandro cobra o escanteio, a bola desvia e na sobra o zagueiro Paulão chuta firme para ampliar o marcador.

Chave do jogo

Diante de um Atlético apático e que pouco chegava no campo ofensivo, o Internacional apostou no toque de bola para marcar os gols e dominar a partida.

Cartões

Amarelos: Hernani, Gustavo e Kadu (A), Léo (I)

Vermelhos: nenhum

Suspensos

Atlético: Kadu

Próximos jogos:

Atlético: Joinville (casa – Sul-Americana), Goiás (casa), Atlético-MG (fora)

Internacional: Ituano (fora – Copa do Brasil), Avaí (fora), Vasco (casa)

Derrota de Mendes! Leia mais sobre a derrota do Atlético na coluna do Mafuz!

Confira mais lances do jogo entre Internacional e Atlético!

Paraná Online no Facebook