As vitórias recentes nos clássicos contra o Coritiba na decisão do Campeonato Paranaense não iludem o Atlético para o embate de hoje. Apesar de trazer esse retrospecto recente melhor e de estar vivendo um momento superior ao do Verdão, o time atleticano deixa de lado o passado e foca no presente. Por isso, o meia-atacante Pablo espera um duelo complicado.

“Vencemos e convencemos naquela final. Mas, o Estadual é passado. Agora é outro campeonato, outros momentos das equipes e certamente outra história. É muito complicado jogar no Couto Pereira. Clássico é decidido em pequenos detalhes e precisamos ter atenção, porém, mantendo nosso estilo de jogo de controlar a posse de bola e criando mais oportunidades que o rival. Queremos ser fortes dentro e fora de casa para conseguirmos coisas importantes na Série A”, apontou o jogador.

O técnico Paulo Autuori frisou que em clássico não existe favorito e prevê que o adversário vai aprender com erros cometidos nas últimas partidas.

“É só olhar para trás e ver o que passou. No primeiro Atletiba, eu estava aqui e a gente perdeu o jogo. Depois se falou muito. Depois a gente ganhou. Essa é a realidade e é importante estarmos conscientes daquilo que temos que fazer. Pouco inteligente é aquele que não aprende com os próprios erros, inteligente é aquele que aprende e sábio é aquele que aprende com o erro dos outros. No clássico não existe favorito”, finalizou Autuori.