O Atlético segue sem vencer no Campeonato Brasileiro. Com a derrota para a Ponte Preta por 2 a 1 na manhã deste domingo (27), o time comandado pelo técnio Milton Mendes alcançou quatro derrotas seguidas, seis jogos sem vencer e se afastou ainda mais do G4. Agora é o 9º colocado, com 38 pontos, a seis pontos dos quatro primeiros colocados e a sete da zona de rebaixamento. Posição que pode baixar ainda mais se o Sport vencer a Chapecoense no complemento da 28ª rodada.

A equipe, que teve chances de vencer a Macaca, mas abusou nos erros de finalização a gol. A zaga também falhou novamente – cenário que fez a equipe deixar o gramado da Arena sob vaias e protestos. Biro Biro marcou os dois gols da vitória da equipe de Campinas, que alcançou a quarta vitória seguida. O meia Bruno Mota marcou o gol solitário do Atlético.

Aos 14 do primeiro tempo, Borges conseguiu ganhar uma disputa de bola contra quatro atleticanos dentro da área. A bola sobrou para Biro Biro abrir o marcador. O gol acordou o time atleticano que pressionou até empatar o jogo, com Bruno Mota, aos 29 minutos. O meia matou a bola no peito na área e chutou rasteiro para marcar.

Mas as chances de virar o marcador foram criadas mas Nikão e Walter, machucados, fizeram falta para colocar a bola na rede. Depois de perder muitos gols, veio o castigo. Biro Biro marcou o seu segundo, aos 18 do segundo tempo. O atacante arrancou pela esquerda, cortou pelo meio sem marcação e chutou rasteiro. derrubando a a moral do Rubro-Negro, que pouco fez até o apito final.

O Atlético volta a jogar pela Sul-Americana, na quarta-feira (30), às 22h, diante do Brasília, no Mané Garrincha. O jogo de ida foi vencido pelo Furacão por 1 a 0, e um empate classifica o Atlético para as quartas de final da competição continental. 

Veja aqui mais lances do jogo do Atlético e Ponte Preta!

Paraná Online no Facebook