O Atlético poderia terminar a quinta-feira (12) com a melhor campanha do Campeonato Brasileiro de Aspirantes. Mas a derrota por 3×1 para o Bahia, no estádio de Pituaçu, em Salvador, deixou o time treinado por Kelly na terceira colocação do grupo A, atrás do São Paulo e do Grêmio. E as saídas de bola erradas foram fatais, como em alguns jogos do time principal.

O Furacão quase abriu o placar com um golaço de Matheus Anjos. Aos 10 minutos do primeiro tempo, ele viu o goleiro adversário adiantado e arriscou de pouco além do círculo central. Mas Deijair salvou o Bahia. Apesar de visitante, o Rubro-Negro era mais organizado e chegava mais perto do gol adversário.

Os destaques estavam no meio-campo. Já cotado para voltar ao time principal, agora treinado por Tiago Nunes, Matheus Anjos fazia boa partida. E Caprini mostrava velocidade para vencer a marcação baiana.

No segundo tempo, o domínio rubro-negro persistiu, mas faltando aquele “algo mais” para o gol sair. Até que aos 15 minutos o Bahia saiu na frente, com um belo gol de Joílson – numa falha de saída de jogo do Furacão. Logo depois, William Lepo ampliou para os donos da casa.

Com três alterações, o Rubro-Negro entrou de novo no jogo. Aos 27, Vitinho cruzou para Marcelo se antecipar e diminuir a vantagem tricolor. Mas a reação cinco minutos mais tarde, numa arrancada de Joílson, após a falha de Gabriel Baralhas.

Confira a tabela e a classificação do Brasileirão!

O Atlético jogou com Juliano; Léo Simas, Daniel, Eder e Nicolas; Arthur Sananduva (Demethryus), Gabriel Baralhas, Caprini (Alex), Matheus Anjos (Marcelo) e Giovanny (Vitinho); Bill.